Cientista dizem ter descoberto o 1º tubarão híbrido na Austrália

Cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, afirmam ter descoberto os primeiros tubarões híbridos do mundo


Tubarão híbrido é descoberto pela 1ª vez em águas australianas

Cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, afirmam ter descoberto os primeiros tubarões híbridos do mundo. Os animais foram encontrados na costa leste do país, durante uma pesquisa para catalogar tubarões na região.

Para os especialistas, a união do tubarão-de-ponta-negra australiano (Carcharhinus tilstoni) com o ponta-negra comum (Carcharhinus limbatus) ao redor do globo criou descendentes nunca observados no mundo dos tubarões em qualquer outra parte das águas terrestres.

Eles acreditam que a descoberta seja importante pois nunca antes tubarões híbridos haviam sido detectados. Para Colin Simpfendorfer, um dos integrantes do grupo de pesquisa responsável pelo achado, a nova espécie híbrida já possui 57 indivíduos e gerações diferentes.

O tubarão-de-ponta-negra australiano costuma ser um pouco menor que o ponta-negra comum e só sobrevive em águas tropicais. Já os exemplares da espécie híbrida foram achados em lugares mais gelados, a até 2.000 quilômetros de distância da costa leste do país.

Essa adaptação a águas mais frias pode ser uma resposta à mudança de temperatura nos oceanos por conta do aquecimento global. A pesca humana também é outro fator levado em consideração pelos especialistas australianos como uma dos motivos para o surgimento da espécie.

Segundo Simpfendorfer, os híbridos são ligeiramente mais resistentes que as espécies de onde foram originados. Uma análise detalha por mapeamento genético será conduzida para descobrir se a criação dos híbridos é parte de um processo antigo entre tubarões ou um fenômeno novo.

Fonte: G1