Uber começa a fazer testes de serviço de carros sem motorista

A iniciativa gerou discussão e polêmica.

Abrir o aplicativo, inserir o endereço de partida e o de destino, confirmar e esperar pela chegada do carro que te levará de um lugar a outro. Até aí, tudo normal como em qualquer corrida do Uber. A diferença é percebida quando um veículo equipado com câmeras e sensores chega e você percebe que não tem ninguém dirigindo.

Parece futurista demais? Pois o Uber começou a testar a tecnologia nas ruas de Pittsburgh, EUA, cidade que abriga a Universidade Carnegie Mellon e seu avançado departamento de robótica. Centenas de engenheiros, especialistas em robótica e mecânicos fizeram parte do projeto, que já está sendo testado na prática.

A empresa selecionou alguns passageiros assíduos para participarem das corridas, que são sempre acompanhadas por um engenheiro que supervisiona o funcionamento do sistema de direção e está pronto para assumir o volante caso algo saia do planejado.

A iniciativa gerou discussão, com comentários sugerindo que o Uber concentraria todos os ganhos, que hoje são divididos com os motoristas. A empresa afirma que a tecnologia criaria outras oportunidades de trabalho, pois os carros poderão circular 24h por dia e necessitarão de mais manutenção. Além disso, segundo eles, poderia reduzir o número de acidentes de trânsito, que costumam ter relação com falhas humanas

Image title

Image title

Image title


Fonte: Hypeness