Último dia: 9 mil servidores ainda não fizeram seu recadastramento

O recadastramento deve ser feito pela internet

Hoje é o último dia para a primeira fase do recadastramento do servidor público do Governo do Estado. No final da semana passada a Secretaria Estadual de Administração (Sead) calculou que cerca de nove mil servidores ainda não fizeram o procedimento. Segundo o secretário Franzé Silva, quem não fizer o recadastramento terá o contracheque retido a partir de outubro. “Com o recadastramento, visamos organizar a máquina administrativa, melhorando a prestação de serviços, além de agir com transparência para com a sociedade”, justifica Franzé.

A campanha é uma forma de o governo identificar o perfil do servidor. No caso do efetivo é saber onde está lotado e o que faz. A partir do resultado, cursos e ações para qualificação dos servidores serão oferecidos, a fim de prestar melhor atendimento à população no interior e na capital.

A segunda fase do processo vai começar no dia 24 de setembro e se estende até 27 de novembro. Nessa etapa, haverá a checagem dos documentos dos servidores. Também será feita a fotografia e tirada a biometria de cada funcionário. Nessa fase, deverão atualizar os dados os comissionados e quem tem contrato temporário com o Estado.

Os terceirizados e os estagiários não estão incluídos nesse processo.

Segundo o secretário Franzé Silva, os servidores que deixarem de realizar o recadastramento passarão por processo administrativo por abandono de emprego a partir de 27 de novembro. O recadastramento deve ser feito pela internet, por meio de endereço eletrônico www. recad.pi.gov.br/SI.

A SeadPrev também disponibiliza um canal direto para tirar dúvidas pelo telefone 0800 280 3655.

Fonte: Ananias Ribeiro