Universidade Federal do Piauí com tudo pronto para Psiu 2009

Neste domingo, dia 14 de dezembro, mais de 45 mil candidatos devem participar do Psiu 2009

Tudo pronto para mais uma bateria de provas. Neste final de semana será a vez dos vestibulandos piauienses encararem quatro dias do Programa Seriado de Ingresso à Universidade (PSIU), realizado pela Universidade Federal do Piauí. Chegar com pelo menos uma hora de antecedência é a principal recomendação da Comissão Permanente de Vestibular (Copeve).

Serão quatro dias de provas, com início no próximo domingo, dia 14 de dezembro, a partir das 8 horas

da manhã. A principal dica para os mais de 45 mil candidatos, dada pelo presidente da Copeve, professor Saulo Brandão, é que cheguem aos locais de prova com pelo menos uma hora de antecedência. ?O aluno deve chegar ao seu centro de aplicação de provas às 7 horas e adentrar ao centro até às 8 horas. Essa uma hora é importante porque a detecção de metal é feita já na entrada de cada centro de aplicação. Então ocorrendo um atraso ou aglomeração é possível que algum aluno seja prejudicado?, disse.

Os candidatos, estarão fazendo provas em 62 postos de aplicação espalhados pelos campus da UFPI em todo o estado do Piauí. Levar consigo somente caneta esferográfica, carteira de identidade e cartão de inscrição é a orientação dada para que o aluno não seja eliminado e impedido de fazer a sua prova.

Alunos que forem pegos com aparelhos de celular (mesmo desligados) ou aparelhos eletrônicos, como rádio, palmers, gravadores, serão automaticamente eliminados do certame. O presidente da Copeve, Saulo Brandão, explica a rigorosidade com que a universidade tratará esses casos, confirmando a eliminação dos alunos portadores desses tipos de equipamentos. ?Além de eliminado o aluno também responderá por falsidade ideológica?, enfatizou.

Para fiscalizar o certame, além dos profissionais de fiscalização, da coleta das digitais dos candidatos e de detector de metais, a organização do PSIU também terá uma equipe a postos com equipamentos que detectam ondas UHF e VHF.

Fonte: Jornal Meio Norte, www.jornalmn.com.br