Universitário que atropelou ciclista já foi detido comprando drogas em 2012

A informação foi confirmada pelo advogado Ademar Gomes, que defende o ciclista.



O estudante de Psicologia Alex Siwek, 22 anos, que atropelou o limpador de vidros David Santos Souza, 21 anos, na avenida Paulista e depois jogou o braço da vítima em um córrego da avenida Ricardo Jafet já foi detido comprando drogas. A informação foi confirmada pelo advogado Ademar Gomes, que defende o ciclista.

De acordo com a Associação dos Advogados Criminalistas do Estado de São Paulo (Acrimesp), Siwek foi detido em 2012 por policiais do 6ª DP de São Paulo. O estudante responde a quatro crimes por conta do atropelamento de David, que teve parte de seu braço direito amputado no acidente. O universitário foi enquadrado nos crimes crimes de tentativa de homicídio doloso, fraude processual ? por ter jogado em um rio o braço da vítima -, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente.

David Santos Souza está internado no Hospital das Clínicas. Ele decidiu criar a Associação de Proteção ao Ciclista para orientar os motoristas a dividir o trânsito com bicicletas.

O acidente

David ia de bicicleta para o trabalho na madrugada de 10 de março quando foi atropelado por Alex e teve parte de seu braço amputado. Após o acidente, o universitário fugiu do local sem prestar socorro à vítima, com o braço do limpador de vidros dentro de seu carro. Ele ainda jogou o membro em um córrego próximo à avenida Doutor Ricardo Jafet.

Depois de se entregar à polícia, o estudante se negou a fazer exame de bafômetro, de sangue e urina, e só realizou o exame clínico no Instituto Médico Legal (IML) às 11h21, mais de cinco horas depois do acidente. Testemunhas disseram que Alex apresentava sinais de embriaguez, e que ele dirigia em alta velocidade pela avenida Paulista, cortando os outros veículos, antes de atropelar David.

Fonte: Terra