Universitário recebe bilhete homofóbico com ameaça de morte

"Arrombaremos sua casa e tocaremos fogo em vocês", diz o bilhete.

Um jovem universitário identificado como Hugo Antônio Coelho, 24 anos, procurou a polícia após receber um bilhete com mensagens homofóbicas. O jovem, que reside em um apartamento no bairro Morada do Sol, na zona Leste de Teresina, onde costuma receber amigos, foi ameaçado de morte: "Arrombaremos sua casa e tocaremos fogo em vocês", diz um trecho do bilhete.

No último domingo, dia 11 de setembro, o universitário se reuniu com amigos no próprio apartamento e depois das 22h30, temendo incomodar os vizinhos, resolveu ir para o salão de festas. No dia seguinte, recebeu o bilhete contendo várias ameaças.

Hugo acredita em homofobia, já que no bilhete há a seguinte frase:  "Se quiserem (termos homofóbicos} que façam fora daqui, ok?. Além disso, jovens realizam festas no mesmo condomínio e não acontecem, segundo ele, reclamações por parte dos vizinhos. 

"Atenção: vocês não moram só no condomínio, por isso pedimos respeito e menos barulho, principalmente em altas horas com gritarias, escândalos, entre outros. Se quiserem (termos pejorativo s} que façam fora daqui, ok? O aviso foi dado. Da próxima vez arrombaremos a sua porta e tocaremos fogo em vocês! Ass: condomínio", diz o bilhete deixado na porta do apartamento do jovem.

Temendo perder a vida, Hugo deixou seu apartamento e juntamente com um amigo, que presenciou tudo,  procurou a Delegacia de Direitos Humanos, onde deu depoimento para um platonista, já que o delegado João Paulo de Lima  participava de uma reunião e não pode sair da sala.

Bilhete recebido pelo Hugo Antônio Coelho
Bilhete recebido pelo universitário Hugo Antônio Coelho
Hugo Antônio Coelho
Hugo Antônio Coelho









Fonte: Portal Meio Norte