Vacina contra o HPV estará disponível na rede pública do país em 2014

O vírus do HPV está relacionado a diversos tipos de câncer, mas principalmente ao câncer do colo do útero

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (1º), a oferta da vacina quadrivalente contra o HPV na rede pública de saúde. Em 2014, serão vacinadas meninas de 10 e 11 anos.

Hoje essa vacina está disponível, no país, apenas na rede privada e em algumas localidades em que o poder público local optou por oferecê-la --por exemplo, no Distrito Federal e em São Francisco do Conde (BA).

O vírus do HPV está relacionado a diversos tipos de câncer, mas principalmente ao câncer do colo do útero (95% dos casos) e ao aparecimento de verrugas genitais.

Para a inclusão da vacina no programa público de saúde em 2014, o governo vai investir R$ 360,7 milhões na compra de 12 milhões de doses --R$ 30 por dose.

Haverá transferência de tecnologia do laboratório americano MSD para o laboratório público nacional Butantan (SP).

As três doses da vacina serão aplicadas em uma estratégia mista: nas escolas e nos postos de saúde, sempre com autorização dos pais ou responsáveis pelas meninas.

Duas vacinas concorriam por esse anúncio: a quadrivalente (da americana MSD) e a bivalente (da inglesa GSK). As duas protegem contra os dois tipos do vírus mais frequentemente relacionadas ao câncer do colo de útero (70% dos casos). A da MSD também oferece proteção contra verrugas genitais.

Fonte: UOL