Vacinação contra Poliomelite Multivacinação inicia na segunda-feira

Técnicos de enfermagem e enfermeiros estão sendo treinados

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realizará, a partir do dia 3 de agosto, as campanhas de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação do ano 2015. Durante as manhãs de hoje (29) e amanhã (30), os técnicos de Enfermagem e enfermeiros que atuam nas salas de vacinas das unidades de saúde de Teresina estão sendo treinados em relação às campanhas.

Nas campanhas de Poliomielite e Multivacinação deste ano a FMS introduzirá uma novidade. Será o Boletim Diário de Comparecimento. “No documento poderemos formalizar o comparecimento da criança à sala de vacina e assim termos parâmetros a seguirmos para analisarmos quantas crianças estão ou não com a caderneta atrasada e assim podermos traçar novas estratégias para otimizar nosso trabalho”, explicou Kledson Batista, gerente executivo de Saúde da Regional Centro-Norte.

O gerente destaca ainda a importância de levar a criança à unidade mais próxima para verificar seu esquema vacinal "Devemos chamar a atenção dos pais e responsáveis de todas as crianças de zero a menores de cinco anos, pois estaremos realizando, além da vacinação contra Polio, a atualização do calendário de vacina infantil", enfatizou.

A FMS já articulou as ações que garantirão o cumprimento da meta de imunização das Campanhas de Poliomielite e Multivacinação. As Diretorias Regionais de Saúde já mapearam todas as salas de vacina que estarão disponíveis durante as Campanhas de Poliomielite e Multivacinação, para que a população fique bem informada.

 O Dia D de mobilização das campanhas acontecerá em 15 de agosto, com solenidade na Unidade Básica de Saúde do Angelim. O grupo alvo da vacinação contra a poliomielite são as crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, aproximadamente 55.435 em toda Teresina. A meta mínima a atingir será de 95% de cobertura vacinal no município.

Apesar do Brasil não apresentar nenhum caso de poliomielite desde 1990, é importante cumprir o calendário de vacinação, pois o vírus ainda está ativo em alguns países”, falou a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba.

 Sobre a Campanha de Multivacinação a diretora enfatiza que consiste em uma estratégia onde em um único momento são oferecidas à população alvo várias vacinas ao mesmo tempo, o grupo alvo para a referida campanha são todas as crianças menores de cinco anos de idade.

 As reuniões de hoje e amanhã com os técnicos de enfermagem e enfermeiros que atuam nas salas de vacinas também servirão para atualizar ainda mais esses profissionais sobre o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

 O SIPNI  tem como objetivo fundamental possibilitar aos gestores envolvidos no programa uma avaliação dinâmica do risco quanto à ocorrência de surtos ou epidemias, a partir do registro dos imunos aplicados e do quantitativo populacional vacinado, que são agregados por faixa etária, em determinado período de tempo, em uma área geográfica. Por outro lado, possibilita também o controle do estoque de imunos necessário aos administradores que têm a incumbência de programar sua aquisição e distribuição.

Fonte: Assessoria