Vai para a África do Sul? Saiba como cuidar de seus cartões durante a Copa

Fique atento as dicas para não passar vexame

Preparado para torcer pelo Brasil na África do Sul? A Visa preparou uma lista de dicas de segurança para os portadores de cartão torcerem tranquilo no país da Copa.

?Queremos que as pessoas que vão à Copa tenham uma experiencia inesquecível. Para isso criamos esta guia com algumas dicas de referência para ajudá-los a se programarem para a viagem?, diz Luis Cassio de Oliveira, diretor-executivo da empresa.

Leia as dicas:

Apesar dos cartões serem mais eficientes e úteis que dinheiro e cheque é importante que as pessoas levem em conta os seguintes conselhos:

? Antes de viajar para a África do Sul entre em contato com a central de atendimento ao cliente do banco emissor do seu cartão de crédito para saber sobre benefícios adicionais como o seguro de locação de carros, o serviço de assistência ao viajante e a cobertura para perda de bagagem.

? Não se esqueça de avisar o banco emissor do seu cartão os países que visitará e as cidades. Dessa forma, você evitará que seu cartão seja bloqueado.

? Informe-se sobre os limites diários para saque, as taxas referentes ao uso de caixas eletrônicos.

? Leve com você o número de contato da central de atendimento do banco emissor de seu cartão. Se não souber, veja o verso de seu cartão ou visite o site da Visa e clique no menu superior ?Encontre seu banco? ? www.visa.com.br .

? Tenha com você uma lista com os números de seus cartões de crédito e os telefones correspondentes para o caso de roubo ou perda. É sempre bom ter uma cópia de todos os documentos que se leva na carteira em um lugar seguro onde se está hospedado ou em sua casa. Esta lista serve para todos os cartões ? pré-pago, crédito e débito.

? Antes de viajar, verifique a data de vencimento de sua fatura, para garantir que ela não vença durante o período que você ficará fora.

? Certifique-se de ter a senha de seus cartões. Lembre-se que somente o titular do cartão pode conhecer a senha, que é pessoal e intransferível. Recomenda-se aos usuários testarem suas senhas e seus cartões antes da viagem

Conselhos para cuidar de seus cartões:

? Proteja a tarja magnética e/ou o chip de seus cartões. Mantenha todos os cartões de crédito, débito ou pré-pago separados entre si, e de outros objetos em sua carteira. Em caso de dano ao cartão, a transação pode não ser efetuada.

? Guarde todos os recibos até verificar os detalhes da fatura de seu cartão (para cartões de crédito) ou do extrato de conta corrente (para cartões de débito). Eles servem para confirmar a quantidade correta de transações, bem como o valor das mesmas. Se existir alguma informação incorreta na fatura, com os comprovantes, você poderá revisar o número de seu cartão e os gastos correspondentes.

? Notifique imediatamente o emissor de seu cartão no caso de qualquer erro ou fraude.

? Se perder o cartão ou for roubado, avise imediatamente o banco emissor. Lembre-se que é possível solicitar uma reposição emergencial ou até mesmo saque emergencial, caso necessário.

? Não informe o número de seu cartão, a senha, nem a data de vencimento a nenhuma pessoa por telefone, a não ser que a chamada tenha sido feita por você. Mesmo que o atendente mencione que as informações são para segurança e verificação, não passe os dados, a menos que tenha certeza de que não se trata de uma fraude.

? Nunca perca de vista seu cartão na hora que o vendedor for creditar ou debitar uma compra.

? Assine seus cartões novos assim que recebê-los.

? Nunca deixe os espaços para sua assinatura em branco no cartão, pois isso permite que os ladrões falsifiquem a assinatura no plástico e nos recibos de transação. Faça uma linha para inutilizá-los.

Conselhos para depois de ter realizado uma compra ou consumo

? Certifique-se que o vendedor devolveu o seu cartão, e não o de outra pessoa.

? Tenha certeza que será emitido somente um recibo de transação com o número do cartão de crédito, ou débito, e guarde sempre sua cópia.

? Verifique que o valor na cópia do recibo que foi entregue pelo estabelecimento (cópia do cliente) é o mesmo que aparece no recibo da transação (cópia do estabelecimento).

? Nunca permita que o caixa ou vendedor anote seu endereço ou telefone no recibo da transação, e nem o número de seu cartão de crédito ou débito. Estas informações não servem de nada para o vendedor, ao contrário, aumentam o risco de fraude.

? Nunca assine um recibo de transação em branco, pois alguém pode preencher com um valor falso.

? Caso a venda seja feita em boletos manuais, certifique-se de que eventuais vias preenchidas com erros e desprezadas, sejam devidamente destruídas na sua presença.

Fonte: Assessoria