"Vai ser o melhor natal do mundo", diz mãe aos 61 anos sobre alta dos filhos

Menina Sofia saiu do hospital na manhã desta quinta-feira (20).

Antonia Leticia Asti, a mulher que realizou o sonho de ser mãe aos 61 anos, saiu com a filha Sofia no colo do hospital São Lucas em Santos, no litoral de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (20), depois de dois meses após o parto. O pai dos bebês, José Cesar Asti, registrou o momento emocionante para a família com diversas fotografias. O outro gêmeo, Roberto, sofreu uma hemorragia no começo do mês, e segue internado em uma incubadora, mas tem previsão de transferência para o berço ainda nesta quinta.



A mãe dos gêmeos recebeu alta médica 14 dias após o parto, que aconteceu em 23 de outubro deste ano. Os bebês ficaram internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neo Natal do hospital para ganhar peso, já que nasceram de 31 semanas. Os pais chegaram no hospital por volta das 10h20, e traziam em uma sacola a roupinha de Sofia. ?O coração está disparado porque eu vou levar a minha filha. É bastante emocionante?, diz o pai dos bebes José Cesar. Antonia chegou com novo visual, de cabelos vermelhos e bem mais magra, e disse estar disposta a cuidar dos gêmeos. ?Eu estava inchada e já me recuperei. Voltei ao meu peso, 55kg. To ágil, bem magrinha?, conta a mãe dos gêmeos.

Os pais entraram no hospital e saíram por volta das 11h com Sofia, que nasceu menor que o irmão, mas foi a primeira dos gêmeos a receber alta médica. "A Sofia teve uma recuperação melhor nessa jornada", diz o médico Orlando de Castro Neto, que acompanhou o parto e o estado de saúde dos bebês. Ela saiu da maternidade com 2.340 quilos, e partir de agora ficará sob os cuidados dos pais, que estavam emocionados com a melhora e alta médica da filha. "Não tenho nem palavras, é a coisa mais linda. É o sonho realizado. A gente sofria junto com ela, mas vou indo devagarzinho", diz Antonia.

Já o pai estava eufórico com o momento, e não parava de olhar e tirar fotos da esposa e da filha. Antonia diz que seu sonho está se concretizando, e que quer servir de exemplo para outras mulheres. "A prova está aqui. Você não pode desistir do sonho, não importa a idade. Você tendo saúde, tendo pique é o que vale. Às vezes você tem idade, mas o espírito não, a cabeça não", diz a mãe.

A mãe das crianças conta que não tem leite suficiente para amamentar os dois filhos, por isso esta tendo que revezar com mamadeiras. "Eu pensei que eu fosse ter leito, e eu estou tendo. Mas para os dois é muito, né", diz. A menina será levada para a casa da tia, e Antonia deverá cuidar dela junto com a parente.

Já o menino Roberto continua internado no Hospital São Lucas. No começo do mês de dezembro ele teve uma hemorragia, precisou tomar antibióticos, recebeu sangue e teve que permanecer na UTI Neo Natal. A previsão é de que ele seja transferido da incubadora para o berço ainda nesta quinta-feira (20). "A alta dele retardou um pouquinho por causa dessa infecção gastrointestinal, mas até o ano novo a família está completa", explica o médico.



Roberto já esta pesando 2.415 quilos e alta médica deve sair antes do final do ano. "Vai ser o melhor natal do mundo, o ano novo então", diz a mãe. O pai estava emocionado e confiante com a alta médica do filho em breve. "Em 2013 eu vou estar com os dois, porque eu acho que ele vai sair antes do ano novo", conta o pai.

Gravidez

Antônia Letícia tentava ser mãe há mais de 20 anos. Ela foi acompanhada durante todo esse tempo pelo ginecologista Orlando de Castro Neto. Após quatro tentativas de inseminação artificial, Antônia finalmente conseguiu engravidar. Sofia e Roberto nasceram às 22h30 do dia 23 de outubro, na maternidade do Hospital São Lucas. Os bebês nasceram de cesárea pesando cerca de 900 gramas cada. O parto precisou ser adiantado por causa de uma hipertensão severa da mãe, e acabou acontecendo com apenas 31 semanas. Ainda não há previsão de quando eles receberão alta médica.

Fonte: G1