Vândalos são presos após picharem nome de R49 em monumento

Vândalos são presos após picharem nome de R49 em monumento

Cristo Redentor do bairro Barreiro é depredado com o nome errado de Ronaldinho Gaúcho

A chegada de Ronaldinho Gaúcho ao Atlético-MG gerou vários tipos de reação, para o bem e para o mal. Dentro de campo e por toda a cidade de Belo Horizonte, tudo vai, aparentemente, muito bem. Desde que o craque desembarcou na capital mineira, o torcedor se encheu de orgulho, vestiu a camisa do Galo e saiu para as ruas. No gramado, na estreia do jogador, o time venceu o Palmeiras por 1 a 0, no Pacaembu, com boa atuação de R49 e chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Porém, a alegria pela presença do jogador no elenco atleticano, em determinados momentos, ultrapassa os limites.

Na madrugada desta terça-feira, dois vândalos picharam a estátua do Cristo Redentor do Barreiro, no bairro Milionários. De acordo com a Guarda Municipal, responsável pela proteção do patrimônio público de Belo Horizonte, duas pessoas foram flagradas escrevendo o nome e o número 49 no monumento - o nome do jogador ainda estava errado.

- Eles escreveram ?Ronadinho?, sem o ?l?, e o número 49. Estávamos na ronda periódica e vimos os dois com uma escada. Mas os bandidos fugiram, antes que pudéssemos chegar até eles. Mas ficamos de plantão, já que tinha um carro suspeito, parado na região. Mais de duas horas depois, eles voltaram para pegar o carro, e nós efetuamos a prisão.

Os dois foram presos e confirmaram que a intenção era desenhar a camisa inteira do Atlético-MG. Eles serão transferidos para a Delegacia de Meio-Ambiente do bairro Carlos Prates.

Fonte: Globo.com