Veículos de cargas serão fiscalizados pela Secretaria de Transportes do Piauí

As balanças funcionarão em dez postos de pesagem espalhados pelas rodovias do Estado

A Secretaria Estadual de Transportes do Piau? promete exercer mais rigor para punir quem exceder limites de peso determinado em lei. Para a fiscaliza??o, o ?rg?o licitou a compra de duas balan?as m?veis, um investimento de R$ 414 mil. As balan?as funcionar?o em dez postos de pesagem espalhados em trechos estrat?gicos das rodovias do Estado. Para incrementar a fiscaliza??o, os transportes de cargas tamb?m ser?o pesados nos postos da Secretaria Estadual de Fazenda.

O secret?rio estadual de Transportes, Luciano Paes Landim, informou que o excesso de peso dos ve?culos provoca buracos nas estradas e, conseq?entemente, acidentes e outros preju?zos. ?As estat?sticas demonstram que pelo menos 70% dos caminh?es que circulam pelas estradas piauienses transportam cargas com excesso de peso por eixo. Isso danifica o pavimento e reduz significativamente a vida ?til das estradas?, enfatizou Landim. Segundo ele, cargas com 30% a mais de peso que o permitido diminuem a vida ?til do pavimento de 10 para dois anos.

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (DNIT) confirma que o tempo de vida ?til de uma rodovia ? de 10 anos, mas no Piau? ? de apenas tr?s, pela quantidade de transportes que circulam constantemente com excesso de peso.

Os postos executar?o o trabalho em duas etapas, dinamizando o processo e evitando a forma??o de filas de caminh?es com o ve?culo em velocidade de at? 60 km/h. Quando houver indica??o de excesso de carga, o ve?culo passar? por aferi??o din?mica de precis?o, feita a uma velocidade menor (10 km/h).

A partir da comprova??o do excesso de peso, a multa ser? enviada, on-line, ? Central para posterior notifica??o do infrator. Ser?o detectadas as eventuais fugas dos caminh?es por meio de c?meras estrategicamente posicionadas que permitir?o a emiss?o de multas por evas?o.

Imprimir esta p?gina

Fonte: CCOM