Veja  o Chevrolet Sonic que é meta do moderno lançamento e conquista dos jovens

Veja o Chevrolet Sonic que é meta do moderno lançamento e conquista dos jovens

Modelo é candidato a substituto do veterano Astra nacional





Hatch Sonic, em teste no campo de provas da GM em Detroit

Um raro raio de sol cortou as nuvens sobre o campo de provas da GM. É outono nos Estados Unidos, e Detroit está cinzenta e fria. Mas, para a centenária Chevrolet, ainda é primavera: momento de renascer e conquistar gente nova. É para isso que foi feito o compacto Sonic.



Modelo é candidato a substituto do veterano Astra nacional

Na pista em que a Folha testou com exclusividade o modelo, havia opções hatch com câmbio automático e sedã com caixa manual; ambas têm seis marchas e motor 1.4 turbo (138 cv).

Serão poucas voltas, mas é a oportunidade de conhecer o modelo que chegará ao Brasil em 2012.



Painel do Chevrolet mescla mostradores analógicos e digitais

O painel mistura conta-giros analógico com velocímetro digital. As peças se sobrepõem com harmonia, um belo exercício de design.

A frente é invocada, mas o motor 1.4 preza pela suavidade. A turbina começa a soprar cedo e há sempre respostas prontas aos comandos do acelerador. A chegada dessa versão ao Brasil, porém, é duvidosa. O mais cotado para estes trópicos é o 1.6 16V (115 cv), que será "flex".

As incertezas do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) atrasaram os planos. A princípio, o carro seria importado dos Estados Unidos ou da Coreia do Sul, onde o projeto foi desenvolvido.

Há planos de fabricação no México, mas dependem da aceitação do veículo no mercado americano para justificar uma produção maior.

A GM desconversa, mas o Sonic estreia no Brasil em 2012. O preço inicial ficará pouco abaixo de R$ 50 mil.

DESENHO AVANÇADO

O hatch tem desenho moderno, enquanto o sedã é conservador por culpa da traseira "careta". Mas o porta-malas compensa: são 466 litros de capacidade.

A velocidade máxima no teste era de 72 km/h, com observadores espalhados pela pista para flagrar abusos. Nessas condições, foi possível perceber o bom isolamento acústico e sentir inveja dos americanos e suas rádios FM digitais de som cristalino.

.O prático Chevrolet foi pensado para jovens que começam a ascender profissionalmente.

O sol volta a brilhar no horizonte dos fabricantes americanos.

Fonte: ;o