Veja o especial do Blog 100 Milhas com a cobertura completa do Cerapió 2012

Veja o especial do Blog 100 Milhas com a cobertura completa do Cerapió 2012

O Cerapió 2012 contou com pilotos de todas as categorias

O Cerapió 2012 contou com pilotos de todas as categorias: Bike, Motos, Carros 4x4 e Quadriciclos. A nossa equipe fez a cobertura do evento a bordo de uma Pick Up Amarok, com apoio da Alemanha Veículos, concessionária Volkswagen em Teresina. Confira como foi a competição

1º Dia - Os pilotos aceleram nas dunas da praia do Cumbuco, em Fortaleza no primeiro dia de prova. Logo nos primeiros 05 km do rally aconteceu o primeiro susto. O piloto Fábio Rech, da Equipe Gil Motos, de Guarulhos-SP, sofreu um acidente ao tentar descer uma duna e ficou ferido. Um colega de equipe, Sérgio Ponciano, parou para ajudar no socorro a vítima, que foi imediatamente atendida pela equipe médica da prova. Fábio foi encaminhado para um hospital na região.Os pilotos siguiram para o povoado de Lagoa Seca, local de encerramento da primeira etapa.

2º Dia - O segundo dia de competição do Cerapió 2012 teve largada em Trairi e chegada em Sobral, no Ceará;. Foram 217 km para carros, quadriciclos e motos rally e 231 km para motos das demais categorias. Logo pela manhã; os pilotos das motos tiveram que encarar uma longa serra, na Subida do Pau Alto, no município de Uruburetama. Na segunda parte do dia os competidores percorreram trilhas com muita estrada de cascalho. Os pilotos das motos tiveram que fazer as manobras dentro de uma antiga estação. Sandro Hoffmann, piloto da Honda na categoria Master, falou sobre o segundo dia de prova. "Ontem tivemos que superar muitas dunas. Hoje foi mais tranquilo", contou. O destaque negativo do dia ficou por conta do piloto da Stock Car, Daniel Serra, que disputa a categoria 4x4 graduado. Ele teve dois pneus do seu carro furados e se atrasou em relação ao resto do grupo.

3º Dia - Os pilotos começaram no Ceará e terminaram já no Piauí. O fato marcante foi o acidente com o carro comandado pela dupla piauiense Fernando e Humberto, que capotou várias vezes na descida da Serra do Gritador, no município de Pedro II, no Piauí. Piloto e navegador saíram ilesos da acidente. A largada da etapa foi na cidade de Sobral. Logo no início, os competidores tiveram que encarar o primeiro laço, com motos, quadriciclos e carros dando voltas em um balaio de mais de 5 km. O segundo laço aconteceu já em solo piauiense, na saída de Domingos Mourão. Outro fato que chamou atenção foi mais um tropeço do piloto da Stock Car, Daniel Serra. Ontem ele teve problemas com dois pneus furados. Hoje foram três pneus que ficaram pelo caminho, complicando a vida do piloto na disputa.

Chegada - O dia começou com passagem pela Lagoa de Sucuruju, com uma trilha que fez parte do percurso da segunda edição do evento, em 1989. Os competidores ainda encontraram uma série de estradas estreitas pelo caminho até a chegada à capital piauiense. Ao todo foram cerca de sete horas de aventuras e competição. Foi assim que os competidores definiram o quarto e último dia do Cerapió 2012.Os primeiros carros chegaram na por volta das 17h da sexta-feira na Ponte Estaiada, em Teresina, um dos mais belos cartões postais da capital, que foi o ponto de chegada do último dia de prova.

{albCodigo=4172}

Fonte: 100milhas.meionorte.com