Vendas de carros no Japão caem 27,8% no 1ºsemestre

O Japão vendeu de janeiro a junho apenas 1.908.775 unidades, 27,8% a menos do que no mesmo período de 2010

O balanço de vendas mundiais do primeiro semestre de 2010, anunciado ontem (3) pela Jato Dynamics do Brasil, mostra que as catástrofes vividas pelo Japão - tsunami e terremotos - atingiram em cheio a indústria automobilística, como já vinha sendo mostrado em informações pontuais.

O Japão vendeu de janeiro a junho apenas 1.908.775 unidades, 27,8% a menos do que no mesmo período do ano passado. O Japão mantém a terceira posição no ranking, mas já é ameaçado de perto pela Alemanha (1.731.323 unidades) e também pelo Brasil, quinto colocado em vendas com 1.637.766 unidades de janeiro a junho.

A China continua na liderança mundial, com 6.951.872 unidades vendidas no primeiro semestre, mas com crescimento moderado, apenas 7,1% em relação ao primeiro semestre do ano passado. Em recuperação, os Estados Unidos cresceram 12,8%, com vendas de 6.332.501 unidades. Vale lembrar que os números da China são apenas de carros. No caso dos demais países os números referem-se a carros e comerciais leves.

Além do Japão, a Grã Bretanha (-4,4%) e a Itália (-12,5%) também venderam menos do que no primeiro semestre de 2010.

A Rússia foi a que mais cresceu no ranking dos dez maiores mercados: +55,7%

Fonte: UOL