Vereador com sinais de embriaguez atropela idosa e é detido na PB; houve briga no local

Vereador com sinais de embriaguez atropela idosa e é detido na PB; houve briga no local

Após acidente, amigo tenta livrar parlamentar e se envolve em briga com PM

O vereador Valdir José Dowsley, conhecido como Dinho (PRP), atropelou uma idosa e bateu em dois carros na noite desta quinta-feira (29). Como o acidente aconteceu em uma rua residencial do bairro do Expedicionários, em João Pessoa, vários moradores foram acompanhar o desenrolar da situação que se transformou em uma briga entre assessores e policiais.

De acordo com testemunhas, o parlamentar apresentava sinais de embriaguez e no momento em que seria conduzido para a 10ª Delegacia Distrital, um homem se apresentou como médico do vereador e tentou retirá-lo do local. Outro tentou impedir que a polícia o detivesse e acabou preso depois de brigar com um cabo da Polícia Militar.

Ainda assim, o vereador acabou detido e levado para a 10ª DD onde fez um Boletim de Ocorrência se comprometendo a pagar por todos os danos causados. E segundo a delegada Viviana Fernandes, como ninguém compareceu à delegacia para testemunhar contra o parlamentar, nada foi registrado a respeito de sinais de embriaguez.

A reportagem tentou ter acesso ao laudo feito pela Polícia Militar no local do acidente, mas a Central de Ocorrências da Polícia informou que os dados seriam passados para a Secretaria de Comunicação do Estado e somente ela, pela manhã, poderia divulgar essas informações.

O Samu foi chamado ao local para atender a idosa que teve uma lesão no tornozelo depois de ter sido prensada entre veículos envolvidos no acidente. Após os primeiros socorros, a vítima foi encaminhada ao Hospital Ortotrauma onde, segundo a assistência social, ela foi atendida e liberada.

No acidente, o carro dirigido por Dinho bateu na traseira de um carro que estava estacionado. Com o impacto, este primeiro veículo parado foi lançado contra outro que estava a sua frente. Entre eles estava a senhora que precisou ser atendida no Ortotrauma.

Fonte: G1