Vereador dá tapa na cara de um menor após uma suposta agressão

Vereador dá tapa na cara de um menor após uma suposta agressão

Manifestantes registraram a agressão ao menor e as imagens foram postadas na internet.

O vereador Fábio Marcondes (PR) agrediu na noite desta terça-feira (29) um adolescente de 17 anos, com um tapa no rosto, durante uma manifestação em frente ao prédio da Câmara Municipal de São José Rio Preto (SP). Manifestantes registraram a agressão ao menor e as imagens foram postadas na internet. Segundo vereador, a reação foi após ter sido agredido.

Nas imagens, o vereador aparece cercado por um grupo de pessoas e uma confusão começa. De repente, ele dá um tapa no rosto de um rapaz, que imediatamente sai do local. Em seguida, o vereador dá ordem para um guarda municipal prender algumas pessoas. Marcondes foi retirado do local por assessores.

Ele e o adolescente registraram boletins de ocorrência no Plantão Policial. Segundo boletim, o vereador afirmou que um objeto de madeira foi jogado em sua direção e atingiu sua cabeça. Segundo versão dele, também foi alvo de chutes durante a confusão.

Em depoimento à polícia, o adolescente alega que apenas pediu para o vereador ser ?honesto? e não o agrediu verbalmente. A mãe do menor de idade o acompanhou até a delegacia para a confecção do boletim de ocorrência.

Em entrevista ao Tem Notícias, o vereador Fábio Marcondes, que está nesta quinta-feira (29) em São Paulo, numa viagem particular, disse que o vídeo foi editado e que foi agredido. ?Tem pessoas sérias que protestam, mas tem muitos baderneiros. Está chegando a um ponto em que está faltando respeito. Sabemos ouvir, mas não sabemos ser agredido. O tapa poderia ter evitado se eu tivesse me acalmado, mas toda ação tem uma reação, infelizmente é natural. Você não pode ficar ali apanhando e não se defender?, disse Marcondes.

O Departamento Jurídico da Câmara informou que o fato não caracteriza quebra de decoro parlamentar, já que tudo ocorreu do lado de fora da câmara. A polícia deve ouvir os envolvidos nos próximos dias.

Fonte: G1