Vídeo mostra momento em que PM atira em idoso durante confusão

Vídeo mostra momento em que PM atira em idoso durante confusão

Vídeo mostra momento em que PM atira em idoso durante confusão

Um vídeo gravado por um celular mostra o momento em que uma policial militar atira em um idoso. O caso aconteceu no domingo (10), em Itaquera, na zona leste de São Paulo. O funcionário público Mario Aparecido dos Santos, de 62 anos, foi atingido após uma abordagem policial feita à filha e ao genro dele. A policial militar foi presa em flagrante.

O conflito começou quando um casal que estava em uma moto foi abordado por não usar capacete. Policiais militares que trabalham com motos foram cercados por moradores enquanto abordavam o suspeito. A situação ficou tensa e uma policial atirou para o alto. Um dos disparos acertou a vítima no pescoço.   

Além de não usar capacete, o motociclista também não tinha habilitação. Ele foi detido. A filha da vítima, Carina dos Santos, estava na garupa. Ela confirmou que os dois fugiram da polícia.   

— Eu falei: "Vamos parar lá perto de casa que todo mundo está ali e vai ver a gente sendo enquadrado".  

Outra filha contou que o pai havia acabado de chegar do trabalho. Ela tentou evitar que ele se aproximasse da confusão, sem sucesso. 

Outro lado

De acordo com a PM, por volta das 17h30, um casal que estava em uma motocicleta Honda Twister não obedeceu ao sinal de parada dos agentes da 3ª Cia. do 39º BPM/M e fugiu. Ainda segundo a PM, o condutor da moto, Willian Costa de Araujo Ferreira, que possui ficha criminal por roubo e cumpre pena no regime aberto, só parou em frente à residência de Carina, que estava na garupa, localizada próximo à Comunidade X do Morro.

Durante a abordagem, a PM afirmou que alguns moradores hostilizaram os policiais, com chutes e arremesso de pedras, copos de vidros e outros objetos. Para tentar contê-los, a policial efetuou dois tiros para o alto e ocorreu um terceiro disparo da arma, que acertou Mario Aparecido dos Santos, pai de Carina, que tentava retirar a filha do local.

Santos foi socorrido pelos moradores e levado ao pronto-socorro de Ermelino Matarazzo, na zona leste. Em seguida, foi encaminhado ao Hospital Santa Marcelina, também na zona leste. Seu estado de saúde é grave, mas estável.

A PM declarou que as circunstâncias do terceiro disparo "serão analisadas e julgadas pela Justiça". A policial, que alegou ter tido o braço puxado, foi encaminhada ao Presídio Romão Gomes.

Assista ao vídeo:

Fonte: R7