Vigilância apreende peixe e frango

Durante a operação Semana Santa, feita para fiscalizar locais de vendas de produtos próprios para o período religioso

Produtos em temperaturas inadequadas e impróprios para o consumo. Foi este o resultado da Operação Semana Santa, deflagrada pela Vigilância Sanitária nos supermercados e mercadinhos de Teresina. O órgão observou as condições dos locais de venda, de higiene, a manipulação e o acondicionamento do pescado e dos produtos mais procurados no período da quaresma.

Dentre as principais irregularidades, a fiscalização observou a presença de carnes para hambúrgueres, frango resfriado e peixe em condições inadequadas de acondicionamento. ?Existe um problema com a exposição dos produtos em temperaturas inadequadas. Isso provoca um choque térmico nos alimentos, deixando-os impróprios para o consumo?, destacou a coordenadora da fiscalização, Janine Seba.

No total, 126 Kg de frango esfriado e 26 Kg de peixe foram apreendidos, além de pedaços de frango comercializados individualmente, onde foi verificado temperatura superior à recomendada.

Pelas orientações da Vigilância Sanitária, além das temperaturas adequadas, o ambiente deve ser limpo, com depósito de lixo sempre fechado para evitar mau cheiro, proliferação de moscas e outros insetos.

Além disso, os consumidores devem observar

a data de validade, o selo do Ministério da Agricultura e no selo de inspeção. No caso dos peixes, deve ser observada principalmente a consistência da carne, que devem estar dura em caso de congelamento.

Fonte: Carolina Durães, Jornal Meio Norte