"VIVA. Não mate, nem morra" visa reduzir número de acidentes no PI

PRF está intensificando ações de fiscalização

Por conta do feriado prolongado da Independência do Brasil, muitos teresinenses estão deixando a cidade rumo ao litoral piauiense para aproveitarem os dias de folga. Para alertar os condutores sobre os riscos e consequências da imprudência no trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) realizou na manhã de ontem (4) mais uma ação da blitz educativa: "VIVA. Não mate, nem morra".

Em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Escola de Trânsito do Detran-PI, abordou os condutores na BR-343 e distribuiu panfletos educativos contendo os 12 principais cuidados que os motoristas devem ter ao dirigir.

Alerta sobre ultrapassagem, uso do celular, bebida alcoólica e importância da revisão dos carros são alguns do pontos abordados nos folhetos.

A diretora da Escola de Trânsito do Detran-PI, Jeovanna Moura, explica que o maior objetivo da campanha é reduzir o número de acidentes do Estado.

"Queremos conscientizar e sensibilizar os condutores que estão pegando a estrada para que dirijam com prudência e evitem se acidentar", conta.

O inspetor da PRF, Ricardo Farias, ressaltou a importância da ação e garantiu que campanhas como a blitz "Viva.Não mate, nem morra" contribuem significativamente para um trânsito mais seguro. "Os condutores evitam cometer infrações e, consequentemente, o índice de acidentes cai", disse o policial. Por conta do aumento do tráfego nas BRs, a PRF está intensificando ações de fiscalização para coibir atos imprudentes.

"Basta seguir as normas de trânsito"

Jeovanna Moura confirma as informações do inspetor Ricardo Fariais e destaca que no mês de julho a blitz "Viva. Não mate, nem morra", realizada na cidade de Luís Correia, contribuiu para que não houvesse nenhum registro de morte por acidente de trânsito.

O contabilista Edvan Araújo é um dos condutores que receberam as orientações da equipe da Escola de Trânsito. Para ele, a irresponsabilidade dos motoristas é a principal causa de acidentes. "Basta seguir as normas de trânsito que nada acontece", falou.

A dentista Deise Lima, diariamente, faz percurso Teresina-Campo Maior e também aprova a blitz "Viva. Não mate, nem morra". "Tem uma importância muito grande, porque alerta realmente sobre os riscos", considera.

Essa é a 3ª edição da Campanha, que é idealizada em parceria do Sistema Meio Norte de Comunicação. Na próxima quarta-feira (9), na Unidade Escolar Didácio Silva, na zona Sudeste da capital, profissionais da Escola de Trânsito irão proferir palestras conversando com os estudantes sobre como se comportar corretamente no trânsito e alertando para a importância de obedecer às regras de tráfego.

Fonte: Lindalva Miranda e Izabella Pimentel