Volkswagen Up! tem o menor custa de reparo do Brasil; chega no fim de fevereiro em 4 versões

O Volkswagen up! ainda nem foi lançado oficialmente, mas já recebeu mais uma boa classificação em um novo teste.


Volkswagen Up! tem o menor custa de reparo do Brasil; modelo chega no fim de fevereiro

O Volkswagen up! ainda nem foi lançado oficialmente, mas já recebeu mais uma boa classificação em um novo teste. O hatch compacto obteve o melhor índice de reparabilidade entre todos os veículos avaliados pelo CAR Group 2014, realizado pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI Brasil). O estudo contempla automóveis fabricados no Brasil, Mercosul e importados.

O up! obteve a classificação 11 em uma a escala que vai de 10 a 60 - sendo o menor número aquele que indica o menor tempo e o custo de reparo. Dessa forma, o novo compacto da VW atingiu o melhor resultado dentro da categoria e também entre todos os veículos de diferentes segmentos avaliados pelo CESVI Brasil em janeiro. Até então, o carro com o menor custo de reparo era o Toyota Etios, com 13 de pontuação.

O up! já havia sido bem avaliado nos testes de impacto do Latin NCAP, onde recebeu cinco estrelas na proteção de adultos. O Volkswagen também recebeu boas notas de consumo em levantamento feito pelo Ibama.



O teste CAR Group

O índice do CAR Group também tem influência no cálculo da tarifa do seguro. Isso ocorre porque as seguradoras calculam os preços das apólices com base, entre outros fatores, nos resultados dos testes de impacto de baixa velocidade realizados pelo CESVI Brasil.

Todos os modelos são submetidos a testes de baixo impacto, realizados a 15 km/h, com colisão de 40% da dianteira esquerda e 40% da traseira direita. Após cada impacto, é mensurada a extensão dos danos e a facilidade do reparo. É feito um cálculo que considera os custos da reparação dianteira e traseira, os tempos de substituição e a cesta básica de peças, gerando assim o índice CAR Group.

Novo up!

Para divulgar a informação do índice de reparabilidade do up! a Volkswagen aproveitou para divulgar a primeira foto de traseira do carrinho, lugar em que o projeto brasileiro mais se diferencia do original europeu.

Diferente do compacto do Velho Continente, o nosso up! não traz a tampa do porta-malas de vidro. No entanto, é possível observar que a terceira coluna do modelo nacional é maior, exatamente para garantir mais espaço aos passageiros e também ao porta-malas - que ficou maior do que o up! europeu.



O modelo começa a ser vendido no fim de fevereiro em quatro versões: take up!, move up!, high up! e brw up! - esta última que inclui os pacotes black, red e white. O preço ainda não foi divulgado oficialmente, mas a versão mais básica com duas portas deverá partir de R$ 27 mil. Porém, a princípio o modelo será vendido apenas na opção quatro portas, com a versão mais barata take up! iniciando em R$ 29 mil.

Todas as configurações do up! serão equipadas com motor 1.0 12V flex (o mesmo do VW Fox BlueMotion), com potência estimada em 83 cv quando abastecido com etanol, associado a um câmbio manual de cinco marchas ou transmissão automatizada, também de cinco velocidades.



Fonte: Auto Esporte