Voos atrasam até 4 horas por rigidez de segurança

A American Airlines e a United Airlines disseram que a rigidez nas medidas de segurança contribuíram para atrasos

Algumas companhias aéreas dos EUA divulgaram que os voos internacionais sofreram horas de atraso neste sábado, devido ao controle rígido que se estabeleceu em aeroportos após o ataque terrorista ocorrido ontem. Alguns voos atrasaram até 4 horas, segundo informações do The Wall Street Journal.

A American Airlines e a United Airlines disseram que a rigidez nas medidas de segurança contribuíram para atrasos que variaram de 20 minutos a 4 horas em voos internacionais. A Air Canada reportou "atrasos significativos" em voos para os EUA. A Delta Air Lines, a maior do mundo no transporte de passageiros, disse que os voos domésticos e internacionais estavam enfrentando "mínimos" atrasos hoje.

A Discounter Southwest Airlines, a que mais transporta pessoas nos EUA, afirmou que houve registros apenas de "atrasos modestos". O incidente O incidente ocorreu por volta da 0h de sexta-feira (hora local), quando um voo procedente de Amsterdã com 278 passageiros a bordo, alguns deles procedentes da Nigéria, iniciou as manobras para pousar no aeroporto de Detroit.

Abdulmutallab tentou ativar uma bomba no interior da cabine de passageiros, mas vários deles e membros tripulação conseguiram contê-lo. O indivíduo foi colocado à disposição da Justiça e levado para um hospital para ser tratado de queimaduras de segundo e terceiro grau.

O suspeito chegou a Amsterdã em um voo da KLM procedente de Lagos, na Nigéria. Na capital holandesa, ele não foi submetido a nenhuma revista adicional. Simplesmente pegou sua conexão para os EUA. Funcionários do governo, citados pela imprensa americana, disseram que os investigadores não têm evidências de que Abdulmutallab seja um membro da Al-Qaeda ou tenha sido treinado para executar ataques.

Fonte: Terra, www.terra.com.br