Voos regulares devem incrementar turismo em São Raimundo Nonato

O voo teste foi realizado pela empresa Piquiatuba na quarta-feira.

Na última quarta-feira (26), a empresa Piquiatuba realizou o voo teste para o Aeroporto Internacional Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato. A empresa passará a ofertar voos regulares, duas vezes por semana, o que contribuirá para o incremento do turismo na região.

O voo teste realizado pela empresa Piquiatuba tem por objetivo a avaliação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para definir a melhor rota a ser utilizada pelas aeronaves para chegar ao terminal. A expectativa é que a empresa comece a operar em outubro, com aeronaves com capacidade para até 30 pessoas, tendo São Raimundo Nonato como destino pelo menos duas vezes por semana.

O secretário estadual do Turismo, Flávio Nogueira, reforçou a importância da iniciativa para incrementar o turismo na região. “A oferta de voos regulares para a região beneficiará não apenas a Serra da Capivara, mas também a Serra das Confusões. Lá, o Governo do Piauí, juntamente com o Governo da Itália, refez as trilhas para incrementar o turismo ecológico”, pontuou.

Flávio Nogueira destacou que a região já recebe um grande fluxo de turistas devido à riqueza arqueológica, mas que a tendência é ampliar ainda mais com a oferta de voos. De olho nesse processo, a Secretaria do Turismo já entrou em contato com a Secretaria da Educação para que, por meio do Pronatec, sejam disponibilizadas vagas para os cursos de guia de turismo, turismólogo e técnico em gastronomia, além de outros cursos em parceria com o Sebrae para qualificar pessoas para atender a nova demanda do mercado.

O secretário adiantou ainda que o trade turístico será fortalecido ainda com o setor hoteleiro, que deverá se adequar à nova demanda e buscar melhorias na quantidade e qualidade dos serviços prestados. “As equipes da Secretaria do Turismo e do Sebrae irão à região na próxima semana para fazer esse monitoramento do fortalecimento e incremento do trade turístico, tanto de hotéis e pousadas, quanto de bares e restaurantes e verificar o que podemos fazer para fortalecer ainda mais o turismo da região”, destacou.

A expectativa é que novas empresas também manifestem o interesse em disponibilizar voos regulares para a região. “Tudo depende da demanda e acreditamos que todo esse setor irá se fortalecer com esses novos projetos”, diz Nogueira.

Image title


Fonte: Assessoria