Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Acusado de planejar latrocínio que vitimou empresário é preso

"PlayBoy" foi morto durante um assalto no Dirceu em julho de 2015.

Compartilhe
Google Whatsapp

Um jovem identificado como Alex Araújo de Sousa, apontado como mentor do crime que vitimou o empresário Jordão Mendes da Silva, conhecido como Playboy, em julho do ano passado no bairro Dirceu, foi preso na quarta-feira, dia 23. Fábio Kalleus da Silva Santos e Halyson Lima Ribeiro, que também participaram do crime, seguem presos. 

De acordo com informações repassadas pelo coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta, Alex é acusado de fornecer a ama usada durante o latrocínio [ roubo seguido de morte]. Fábio utilizou a arma para efetuar os disparos e contou com a ajuda de Halyson, que conduzia a motocicleta usada durante a ação criminosa. 

Segundo o delegado, a prisão de Fábio e Halyson ocorreu no mês de setembro. "São três prisões e hoje conseguimos concluir este inquérito, tendo o mentor, que era o último a ser preso, e os outros dois", afirmou. 

Fábio Kalleus da Silva Santos (Crédito: Divulgação)
Alex Araújo de Sousa (Crédito: Divulgação)
Fábio Kalleus da Silva Santos (Crédito: Divulgação)
Fábio Kalleus da Silva Santos (Crédito: Divulgação)
Jordão Mendes da Silva (Crédito: Divulgação)
Empresário Jordão Mendes da Silva (Crédito: Reprodução)










Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto