Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Advogado tem carro roubado por cliente foragido da Major César

O caso inusitado ocorreu na zona Sul de Teresina.

Compartilhe
Google Whatsapp

Um advogado teve o carro roubado pelo próprio cliente na zona Sul de Teresina. De acordo com informações do chefe de investigação do 6º distrito policial, Joatan Gonçalves,  o advogado fechou contrato com o acusado, saiu para lanchar e ao retornar percebeu que seu veículo havia sido furtado. 

"Isso ocorreu nas proximidades aqui do 6ª DP. O acusado já era cliente desse advogado, esteve novamente no escritório para acertar um novo contrato de uma causa que ele queria que fosse revolvida pelo advogado. O contrato foi fechado e os dois saíram do local por volta do meio dia. Ele [acusado] retornou de forma malandra, conversou com a secretária e alegou que o advogado havia dito para ele pegar a chave do veículo. Ele, então, pegou a chave e saiu no carro. Quando o advogado voltou, teve a surpresa que seu carro havia sido subtraído por seu cliente que, minutos atrás, havia fechado um contrato com ele", afirmou. 

Acusado identificado como Fabrício Martins Sousa
Acusado identificado como Fabrício Martins Sousa

O veículo modelo Versa foi levado pelo acusado identificado como Fabrício Martins Sousa, que segue foragido. A vítima, que preferiu não se identificar, deu detalhes do caso e confirmou que já havia trabalhado para Fabrício, que é foragido da Major César.

"Eu havia trabalhado para ele ano passado, em um processo que ele responde em Paulistana. Ontem ele entrou em contato comigo, através do WhatsApp, dizendo que queria falar comigo. Nós, então, marcamos no escritório, onde normalmente atendo todas as pessoas que me procuram, e por volta de 11h fechamos o contrato. Ele é foragido da Major César, já responde por estelionato em Paulistana, sendo que dessa pena ele pegou 6 anos. Eu não sabia que ele tinha se evadido da penitenciária. E uma parte do acordo era eu apresentar ele lá na prenitenciária", contou. 


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto