Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Laudo reforça suspeita de que pitbull sofreu violência sexual

Há escoriações indicando que o animal sofreu corte na cabeça.

Compartilhe
Google Whatsapp

Um documento assinado pela veterinária Celina Fonseca reforça a tese de protetores de animais de que a pit bull Natasha sofreu algum tipo de abuso sexual feito pelo dono. O laudo do exame clínico afirma que “a parte interna da vulva encontrava-se de coloração roxa, indicando que houve penetração”. O documento diz ainda que a cadela está com vaginite, uma inflamação dos tecidos da vagina.

No último fim de semana, protetores de diversas ONGs do Distrito Federal foram chamados por moradores de um edifício no Núcleo Bandeirante. Eles denunciaram que a cachorra seria agredida frequentemente pelo dono e suspeitavam ainda que o animal era violentado sexualmente. O caso foi parar na delegacia e, na segunda-feira (31/10), a Justiça autorizou o resgate da cachorra, que foi levada à veterinária.

Ainda de acordo com o laudo, há escoriações indicando que o animal sofreu corte na cabeça, possivelmente “por objeto cortante ou paulada”. Queimaduras e processos inflamatórios “não tratados pelo proprietário” também são relatados no documento. “O proprietário não apresentou aos tutores comprovante de vacina ou desverminação do animal”, completa a veterinária.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto