IASPI prestou 1,5 milhões de atendimentos em 2018

Cerca de 128 mil atendimentos foram realizados todos os meses

A diretora-geral do Instituto da Assitência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado (IASPI), Daniela Aita, divulgou o balanço geral de atendimentos feitos em 2018 pelos planos IASPI e Plamta em entrevista concedida ao jornalista Arimateia Carvalho, no programa Banca de Sapateiro, da Rádio Jornal Meio Norte (90,3). Os dados apontam para 40 mil consultas, 85 mil exames e 3 mil cirurgias realizadas em cada mês do ano. No total, foram mais de 1,5 milhões de atedimentos, segundo a diretora.

 (Crédito: Raíssa Morais)
(Crédito: Raíssa Morais)

Daniela afirmou que o IASPI e o Plamta, juntos, formam a maior carteira de plano de saúde do Piauí."Os cerca de 205 mil usários do Plamta e os 175 mil servidores públicos atendidos pelo IASPI pagam em torno de 20% a 30% do plano de saúde que é oferecido por empresas particulares e tem acesso ao mesmo tipo de serviço", destacou a diretora-geral do IASPI.

Questionada pelo jornalista Arimateia Carvalho sobre o valor abaixo do mercado, a diretoria-geral disse que o IASPI e o Plamta são importantes para a arrecadação das empresas que prestam serviços para o Estado. "O dinheiro que eles recebem através desses planos, apesar de mais baixos são, em muitas das vezes, a principal renda de muitas clínicas. Atualmente temos cerca de 1,5 mil empresas do ramo da saúde como parceiras", explicou.

 (Crédito: Raíssa Morais)
(Crédito: Raíssa Morais)

Nova gerência

Daniela Aita contou que a partir de 2015 quando a IAPEP foi dividida entre Previdência e IASPI, os serviços de saúde prestados pela instituição, segundo ela, melhoraram. "De 2015 para cá nós tivemos diversas mudanças e avanços dentro da IASPI. Dentre eles, cito serviços que passamos a prestar, como o atendimento a dependente químicos, urgência, cirurgias minimamente invasivas, assistência domiciliar, gerenciamento de pacientes crônicos. Além da atualização e recontratualização de clinicas que prestavam serviço", concluiu.

Fonte: Repórter Lucas Pessoa
logomarca do portal meionorte..com