mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Alerta: lambedura excessiva de patas pode ser sintoma de estresse

Comportamento é comum, mas pode ser prejudicial e precisa ser investigado

Durante a pandemia, muitos tutores de animais passaram mais tempo com os pet's, acompanhando a rotina e fazendo bastante companhia em casa. Dessa forma, muitas pessoas notaram recorrentes alterações de humor, comportamento e desequilíbrios alimentares. As mudanças nas atividades dos tutores podem ser causa, por exemplo, da excessiva lambedura de patas, um indicativo de problema que deve ser consultado com um médico veterinário.  

Segundo o coordenador do curso de Medicina Veterinária de uma faculdade de Teresina,  Gerson Tavares, é possível que esse problema de lambeduras seja motivado pela falta de atividades diárias, alergias ou mesmo fungos nas patas de cães e gatos. "Quando os donos não incentivam atividades diárias ou causam mudanças rápidas na rotina, deixando o animal sem a devida atenção, com certeza haverá um reflexo. Além disso, outras causas podem ocasionar o surgimento de lesões, como alergias, fungos, sensibilidade alimentar, por exemplo. Ressalto que o problema pode estar relacionado ao estado emocional do pet, mas não unicamente", explica Tavares.  

Hábito de lamber excessivamente as patas pode ter causa emocional Hábito de lamber excessivamente as patas pode ter causa emocional 

Após observada essa condição, o dono do pet precisa evitar que o hábito traga prejuízos à saúde, causando inflamações na pele do animal. Isto acontece em decorrência do contato direto das patas feridas com as superfícies sujas, fezes, urinas e outros ambientes que possam infeccionar o local. "O que precisamos evitar é uma dermatite por lambedura, pois, quando acontecem, o animal fica exposto à outras doenças. Inclusive, ferida aberta e saliva é uma combinação que só faz piorar o problema. Aos primeiros sinais de incômodo, é importante que o médico veterinário seja consultado", finaliza o professor Gerson Tavares.  

Ainda é possível o surgimento de inchaços, secreções e falhas na pelagem quando a lambedura está excessiva. Por haver inúmeras causas, o mais importante é, ao se notar o descontrole, encaminhar os animais a uma clínica de confiança para que seja avaliada a situação, com diagnóstico correto, e seja feito um tratamento eficaz.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail