Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Documentários exploram produções do dia do Chimpanzés e dia da Cobra

O National Geographic estreia no dia 18 de julho, às 21h30, documentários especiais

Compartilhe

O National Geographic irá explorar neste mês documentários incríveis. Hoje (14) é o Dia Mundial dos Chimpanzés e para celebrar a data o Nat Geo estreia no dia 18 de julho, às 21h30, o documentário Chimpanzé, do Disney Nature, que conta a história do pequeno Oscar descobrindo o mundo ao seu redor nas florestas da África.

Já no dia 16 de julho é comemorado do Dia Mundial das Cobras e, para celebrar a data, o Nat Geo Wild preparou uma programação especial, a partir das 18h15, com programas em que as serpentes são o personagem principal. Veja algus destaques da programação:

Chimpanzé

Cena do documentário Chimpanzé, do Disney Nature- Reprodução

Nas florestas da África conheça um adorável jovem chimpanzé chamado Oscar e como ele descobre de forma divertida o mundo a sua volta em uma notável história de laços familiares e triunfo individual. Chimpanzé mostra a descoberta da inteligência e engenhosidade de uma das espécies mais extraordinárias no reino animal. O mundo é um playground para o pequeno Oscar e seus companheiros jovens chimpanzés, que preferem criar caos, do que se juntar aos pais para tirar uma soneca à tarde. Mas quando a família de Oscar é confrontada por uma banda rival dos chimpanzés, ele é deixado para cuidar de si mesmo até um aliado surpreendente intervém e muda sua vida para sempre.

Especial exploração Cobras

Cobra boca negra ou Mortal da África será exibida no Nat Geo-Imagem: Reprodução 

A Cobra Mortal da África - 16 de julho, às 18h15

Ela tem 6 metros de comprimento. Ela não tem mãos, nem braços, nem pernas, mas ela vai te esmagar até a morte em 15 minutos. Ela é uma píton-africana e ela é a rainha das constritoras - cobras que ficam à espreita para sobreviver. As cobras que crescem até os 6 metros são poucas, e o medo que esses animais evocam em seres humanos é nada menos do que primitivo. Existem 3 espécies que são regulares neste clube de elite: a Sucuri-Verde e a Píton-reticulada, mas é a Píton-africana que combina seu tamanho e força com uma velocidade e agressão únicas que a colocam no topo desta gigante pilha de sangue frio. Na savana da África do Sul, ela realiza suas tarefas diárias. Mas os detalhes de sua vida nunca são observados. Esta é a história dela. Em Kwa Zulu Natal, África do Sul, ela é muito temida por conta de seu tamanho, força e horrível reputação de comer humanos. Embora os ataques aos seres humanos sejam raros, pouco se sabe sobre sua história de vida, e por essa razão, sua vida real está envolta em mitos e reputação. Ela é tão raramente vista que tem o status de besta quase mítica. Como pode uma cobra tão grande viver diretamente debaixo de nossos narizes sem ser vista? Aventure-se em um submundo escuro para descobrir os segredos da Píton-africana.

 As Cobras Mais Perigosas do Mundo – 16 de julho, às 19h

O Reino Animal está repleto de cobras mortais com instintos, mordidas e habilidades assassinas. Neste documentário, vamos conhecer as cobras mais perigosas do mundo.

 Cobras Assassinas – 16 de julho, às 19h45

As grandes jiboia-constritoras assassinas são majestosas e um pesadelo. Desde anacondas a pítons-reticuladas comedoras de homens, investigaremos algumas das maiores e mais perigosas serpentes do mundo. Estas feras não venenosas matam suas presas com um abraço tão apertado que o sangue para de correr pelo corpo. Então, elas engolem suas vítimas inteiras com mandíbulas que abrem mais de 180 graus.

Pítons são umas das espécies em maior tamanho no reio das cobras-Foto/Reprodução

 Pítons: As Mais Temidas - 16 de julho, às 20h30

Elas são grandes, ousadas e sem dúvida as mais majestosas do mundo das cobras. Pítons estão entre as espécies mais perigosas de toda a natureza. Elas usam apenas a força muscular para subjugar e extinguir suas presas. Enquanto alguns visam os pequenos e fracos, outros enfrentam batalhas por uma alimentação decente. 

 Ilha das Cobras – 16 de julho, às 21h15

Em uma ilha árida da Austrália, cobras mortais sobrevivem em um lugar hostil e implacável. Não há água fresca ou comida. Elas vivem na sombra de um agressor brutal que está sempre atento a defender seus filhotes da fome voraz da cobra. Apesar disso, elas estão prosperando e se tornaram gigantes de sua espécie. Mas por que elas estão aqui e como prosperam neste lugar desolado? Descobriremos este mistério agora.

 Cobras mais Estranhas do Mundo – 16 de julho, às 22h

Estas criaturas sem patas evoluíram até se tornarem umas das mais variadas e excêntricas. Vamos conhecer as cobras mais incríveis, assustadoras e estranhas do planeta. Divididas em quase 3.000 espécies, algumas têm chifres, apunhalam, nadam e até voam.

Cascavel em Mato Grossso do Sul-Foto: IBAMA

 Cascavel: O Legado da Espécie - 16 de julho, às 22h45

As cascavéis são as víboras mais evoluídas do planeta. Seu ataque e seu veneno são lendários, e o mero som de seu chocalho causa medo em todos que a ouvem. Mas, sob a reputação mortal, há uma cobra tímida e sensual, apenas tentando transmitir seu legado. Esta é a história de uma fêmea enfrentando os desafios de um verão no deserto, onde toda criatura precisa de astúcia para sobreviver.

 Planeta Terra (episódio especial  “Víboras Rainhas”) – 16 de julho às 23h30

As víboras são o Mike Tyson do mundo das serpentes – pequenas, atarracadas e dão bons golpes repletos de veneno – em velocidade máxima. Do Velho Oeste americano até as florestas do coração da África, as víboras se mesclaram para criar uma superfamília de cobras. Elas adaptaram de todas as espécies as habilidades e armas como órgãos sensíveis ao calor e longos dentes. Mas ao mesmo tempo em que as víboras são icônicas assassinas, elas têm um lado doce quando o assunto é família. Velvet, uma víbora-do-gabão, e Therma, uma cascavel, são duas mães que enfrentam diferentes desafios em paisagens extremas e contrastantes, mas seu objetivo é o mesmo: aumentar a família e manter seus títulos de Víboras Rainhas. Mas temos uma novata no cenário... ela não é tão exibida quanto Therma, nem tem o belo visual e a classe de Velvet, mas ela está rápida e silenciosamente subindo a ladeira do sucesso na sobrevivência. Será que ela conseguirá destronar as rainhas atuais e vencê-las em seu próprio jogo?


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar