Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Onça-pintada mata jaguatirica em disputa por água; vídeo

Caso ocorreu em uma área isolada na Reserva Biosfera Maya, na Guatemala.

Compartilhe

Cientistas conseguiram capturar imagens raras de um ataque de uma onça-pintada a uma jaguatirica, possivelmente por uma disputa de recursos e territórios em uma área isolada na Reserva Biosfera Maya, na Guatemala, em março de 2019. O fato levou à elaboração de um estudo, publicado em 28 de dezembro do ano passado, na revista Biotropica. As informações são do Mega Curioso

Na filmagem, é possível observar uma onça, que os pesquisadores garantem ser um macho, chegando em um bebedouro, possivelmente a espera de uma presa. Quando percebe a presença de uma jaguatirica no local, ela ataca o felino menor com uma mordida no pescoço. O que se segue é uma sucessão de manchas e membros, e a onça arrasta a jaguatirica para o interior da floresta. 

Embora esses conflitos entre predadores sejam raros, explicou o autor do estudo, Daniel Thornton em um comunicado, “pode haver certos casos em que se tornam mais prevalentes, e um deles pode ser sobre recursos hídricos contestados”. Para este professor da Washington State University, predadores do tipo podem se atacar, caso entrem em disputa por um único poço de água.

O que pode ter causado o ataque

A captura das imagens do ataque da onça-pintada ocorreu durante um período de seca naquele bioma tropical. A seca pode se agravar quando as temperaturas se elevam, o que resulta em poços de água mais escassos, que acabam sendo mais disputados pela fauna.

Em outra ocasião, a equipe já havia testemunhado duas onças-pintadas lutando entre si. A observação revelou a presença de sete espécimes do animal visitando regularmente o bebedouro. Em geral, esses jaguares se evitam, estabelecendo rigorosamente o território de cada um, segundo o comunicado.

Coautora da pesquisa, Rony García-Anleu, alerta que as mudanças climáticas em curso no planeta e as secas associadas têm uma previsão de piora, “o que significa tempos difíceis para a vida selvagem que depende de poças d’água para sobreviver”.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar