Fábio anuncia mudança de partido e que votará denúncia contra Temer

Wellington Dias vai interceder junto a Fábio Abreu para não votar

O repórter Efrém Ribeiro esteve em um encontro multipartidário. A intenção é fazer uma frentinha dentro do grupo de Wellington Dias. O deputado Evaldo Gomes encabeçou a ideia e disse que esses partidos devem continuar existindo e precisam eleger deputados. O secretário de Segurança Fábio Abreu, disse que vai retornar ao mandato em Brasília para requerer as suas emendas parlamentares e que poderá ficar até o dia da votação da segunda denúncia contra Temer. 

Samantha Cavalca enfatizou que o governador Wellington Dias vai interceder junto a Fábio Abreu para não votar a denúncia, devido a parceria administrativa existente atualmente entre Temer, Wellington e Ciro Nogueira. Fábio também confirmou que estará mudando de partido.

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, durante abertura de feira agropecuária, disse que não permite que sua esposa Adalgisa, seja vice de Dr. Pessoa. Segundo ele, vai ser muito difícil viver sem Adalgisa por perto. "Vou ser o prefeito mais chorão de Brasil", disse ele. Sobre a candidatura de Dr. Pessoa, no referido evento ele estava com integrantes da oposição. O repórter Efrém Ribeiro falou que apesar de Pessoa não querer ficar ao lado dos poderosos, mas já articula uma possível junção para a disputa de um segundo turno.

O repórter Efrém Ribeiro informou que o governador Wellington Dias e o prefeito de Teresina, Firmino Filho farão mudanças nos secretariados. Duas ou três pessoas estão no alvo dessa mudança. A previsão é que aconteça até o final do ano.

Fábio Abreu e o PROS podem estar conversando. Samantha Cavalca conversou com o secretário e ele disse que tem convites de outros partidos. O PROS é ligado à primeira dama Rejane Dias.


logomarca do portal meionorte..com