De volta ao Brasil, a repórter Cinthia Lages esteve nesta segunda (14), em entrevista ao programa Agora, da Rede Meio Norte, para comentar a sua trajetória em Portugal para o especial "200 Anos - Bicentenário da Independência". A equipe esteve em Portugal para mostrar as cidades do país que compartilham o mesmo nome com o Piauí

Em bate papo com Amadeu Campos, Cinthia contou que a experiência foi de reconstrução histórica e que está ansiosa para a exibição das reportagens. "Temos muito em comum nesses cinco séculos de história. Dois povos, uma língua mãe. Separados por um grito de independência", disse a repórter.

“Celebração entre dois povos” diz Cinthia Lages sobre Bicentenário  - Imagem 1

"Traço de resistência", diz Cinthia Lages sobre relação do Piauí e Portugal (Foto: Rede Meio Norte)

"Estamos em continentes distintos, o que aumenta a distância entre Brasil e Portugal, ainda assim, o traço de resistência permanece em tradições e culturas que construíram nossa identidade como povo" - Cinthia Lages.

As nove reportagens serão exibidas até o dia 07 de setembro na telinha do canal 7.1, e mostram Oeiras, Juromenha, Campo Maior, Batalha, Amarante, Valença, Porto, Nazaré e Marvão (antigo nome da cidade de Castelo do Piauí).

"Senti identificação", diz Cinthia Lages após Bicentenário da Independência (Foto: Reprodução"Senti identificação", diz Cinthia Lages após Bicentenário da Independência (Foto: Reprodução

"De todas as cidades, a que mais encontrei pontos em comum foi Campo Maior, a questão da resistência do povo, eles tiveram uma tragédia na cidade em 1735, onde morreu dois terços da população, porque caiu um raio e atingiu a casa de pólvora do castelo. E é um povo extremamente resistente, eu senti essa identificação", contou a Cínthia.

Além do passeio por várias regiões de Portugal, a equipe de reportagem também tiveram passagens por Lisboa e Fátima, mostrando aspectos que conversam entre o estado brasileiro e o país europeu.