Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Apresentadora britânica que tentou suícidio vai para clínica de reabilitação

Apresentadora britânica que tentou suícidio vai para clínica de reabilitação

Apresentadora britânica que tentou suícidio vai para clínica de reabilitação
Apresentadora britânica que tentou suícidio. | arquivo internete

Londres (Inglaterra) - A apresentadora Gail Porter se internou em uma clínica de reabilitação na última sexta-feira, informou o jornal britânico The Sun. Na semana passada, ele foi internada em um hospital psiquiátrico após uma tentativa de suicídio, em Londres - ela foi encontrada em seu banheiro com cortes nos braços e no peito. Há poucas semanas, em uma discussão com o namorado 15 anos mais novo, Jonny Davies, a escocesa ameaçou cometer o ato.

Gail Porter resolveu se internar para combater a depressão. Depois de deixar o hospital e ir para casa, o namorado a levou para um clínica particular. A apresentadora quer ficar melhor para a filha, Honey, de oito anos.

Porter sempre falou abertamente sobre sua saúde mental, que a tem afetado por toda a vida adulta. Logo após o nascimento de sua filha, em 2004, ela foi diagnosticada com depressão pós-parto. Um ano depois, veio novo diagnóstico: transtorno bipolar, distúrbio que afeta o humor da pessoa, alterando momentos de profunda tristeza com outros de euforia extrema, chamada de mania.

A apresentadora também começou a perder os cabelos após uma overdose de remédios e foi diagnosticada com alopecia, provavelmente consequência de estresse. Ela ficou completamente careca por anos, sempre se recusou a usar peruca e os fios só voltaram a crescer em 2010, quando da reconciliação com o antigo namorado Jonny Davies - no entanto, Porter raspou a cabeça após voltar a perdê-los.

Em fevereiro, a escocesa admitiu em entrevista ter parado de tomar o antidepressivo Citalopram há um ano e meio sem contar ao seu médico. "Substitui por exercícios, o que está me ajudando. Você pode ir ao médico um milhão de vezes se estiver mal e não chegar a lugar algum, mas, se você der uma corrida, isso vai realmente fazê-la sentir-se bem".


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar