Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Brasil tem tarifa mais cara de celular, aponta relatório

Brasil tem tarifa mais cara de celular, aponta relatório

Brasil tem tarifa mais cara de celular, aponta relatório
Brasileiro gasta 6,7% de sua renda, em média, com telefonia celular | arquivo internet

O Brasil é o país que tem a tarifa de celular mais cara, em termos absolutos, entre as 161 economias analisadas pelo relatório Medindo a Sociedade da Informação, divulgado nesta segunda-feira pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). Os dados da pesquisa são referentes ao ano de 2012.

De acordo com o documento, uma ligação de um celular para outro de mesma operadora custa, em média, 71 centavos de dólar por minuto no Brasil. Quando a ligação é para outra companhia, o custo médio sobe para 74 centavos de dólar. A UIT usou dados de custo de ligações em São Paulo como base para o levantamento.

Para se ter uma ideia, em locais como Bangladesh e Hong Kong, esse custo médio é de apenas 2 centavos de dólar. Na Itália, onde está localizada a controladora da Tim, a Telecom Italia, o custo médio da tarifa é de 17 centavos de dólar. Em Portugal, sede da Portugal Telecom, que acaba de anunciar fusão com a brasileira Oi, o custo médio é de 25 centavos de dólar. Na Espanha, da Telefónica/Vivo, o custo médio é menor, de apenas 15 centavos de dólar. No México, sede da Telemovil, controladora da Claro, o custo médio de ligações de celular para a mesma operadora é de 32 centavos de dólar.

Os brasileiros comprometem em média 6,7% da renda com telefonia móvel. Com isso, o país aparece na 112ª posição. Já o custo de telefonia fixa aumentou para 3,3% da renda em 2012, comparado a 2,7% em 2011, colocando o país na 112ª posição entre 161 países.

Desenvolvimento ? O relatório mostra ainda que o Brasil aparece na 62ª posição no ranking que mede o Índice de Desenvolvimento de Tecnologia da Informação e da Comunicação, composto por 157 países. No topo do ranking aparece a Coreia do Sul, na primeira posição, seguida por Suécia e Islândia, respectivamente.

De acordo com o levantamento, o número de famílias com computador aumentou de 45%, em 2011, para 50%, em 2012. Já a proporção de famílias que têm acesso à internet em casa subiu de 38% para 45% em igual intervalo.

Quanto ao serviço de banda larga fixa, pode custar 2% da renda, com o país ficando na 53ª posição globalmente. Nos países em desenvolvimento, o preço caiu 30% em média entre 2008-2011. A banda larga móvel é agora mais acessível que a fixa em termos de preço nesses países.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar