Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Estudante do Piauí é preso tentando fraudar vestibular de Medicina na PB; gabarito custava R$ 30 mil

Estudante do Piauí é preso tentando fraudar vestibular de Medicina na PB; gabarito custava R$ 30 mil

Estudante do Piauí é preso tentando fraudar vestibular de Medicina na PB; gabarito custava R$ 30 mil
Estudante do Piauí é preso tentando fraudar vestibular de Medicina na PB | arquivo internet

A prisão foi feita pelo delegado Franciso Iasley

O estudante e monitor de curso pré-vestibular da cidade de Teresinha-PI, Rogério Carlos do Nascimento Lima, foi preso nesta segunda-feira (10), quando tentava fraudar a prova do vestibular de Medicina da Facisa, em Campina Grande. A prisão foi feita pela Polícia Civil durante a realização do certame.

De acordo com o delegado de Defraudações, Francisco Iasley, as autoridades policiais vinham monitorando o esquema criminoso comandado pelo estudante, que prestava vestibular para o curso de Medicina na faculdade particular.

?A gente recebeu uma denúncia que um grupo do estado do Piauí vinha prestar vestibular na Facisa para o curso de Medicina. Juntamente com a direção da faculdade, começamos a fazer o levantamento e conseguimos informações sobre o pessoal?, disse o delegado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o acusado vendia o gabarito por R$ 30 mil. O repasse das informações era feito através de mensagem de texto de celular. As investigações da PC apontam que quadrilha de fraudadores tem base no estado do Piauí.

?O Rogério Carlos é muito inteligente. Ele cooptava alunos do curso pré-vestibular onde trabalhava na cidade de Teresinha e trazia para Campina Grande. O acusado fazia a prova do concurso e após sair, repassava o gabarito para as pessoas que pagavam R$ 30 mil pelo resultado?, frisou Francisco Iasley, informando que todos os envolvidos no crime são de classe média alta.

Rogério Carlos foi autuado em flagrante e encaminhado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. Um adolescente de 17 anos foi detido no último domingo (9), por participar do esquema. No aparelho celular do menor os policiais encontraram mensagem com o gabarito da prova.

?Identificamos um grupo de pessoas de Teresina. Ouvimos o pessoal e eles informaram que foram cooptados por Rogério Carlos e pagariam pelo gabarito. O adolescente foi detido quando ia para o banheiro com o celular onde passaria as mensagens de texto com o resultado para os estudantes. O menor foi ouvido e liberado?, adiantou o delegado.

Portal Correio


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar