Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Justiça anula sessão que elegeu novo presidente da câmara municipal

Câmara Municipal de Timon segue improdutiva e em crise política; Liminar da justiça anulou a primeira sessão dirigida por Socorro Waquim e Hélber agora é presidente sub judice.

Justiça anula sessão que elegeu novo presidente da câmara municipal
Justiça anula sessão que elegeu novo presidente da câmara municipal | internet

Improdutiva e mergulhada numa crise política como nunca se viu na sua história, a Câmara Municipal de Timon segue sem prestar sua verdadeira função, que é de colocar os interesses públicos acima dos interesses políticos de grupos na casa.

Na manhã deste sábado (5) foi registrado mais um capítulo da novela sem fim que se transformou a atual legislatura em relação a eleição para presidente da casa.

Uma liminar da justiça concedida aos vereadores que fazem parte da base do prefeito, anulou a Sessão Extraordinária presidida pela vereadora Socorro Waquim da última quarta-feira (2) por ter infringido o Regimento Interno da Casa, 


Na sessão dirigida pela vereadora do MDB, os vereadores do G11 votaram contra o orçamento 2019 da administração municipal , mesmo sem quórum para apreciar a matéria e em seguida Socorro Waquim marcou para este sábado a eleição da mesa diretora da casa.

Na manhã de sabado, Hélber Guimarães foi eleito pelo grupo do G11 numa eleição onde os outros dez vereadores que apóiam Francisco Torres não compareceram. Socorro Waquim empossou Hélber logo em seguida. Só tem um porém: A decisão judicial, Liminar, conseguida pelos 10 vereadores que apoiam Francisco Torres para presidente, saiu antes mesmo da sessão de votação.

A liminar é do juiz de plantão, Simeão Pereira e Silva e anula a Sessão Extraordinária presidida por Socorro Waquim na última quarta-feira e que marcou a eleição para este sábado (5). Sendo assim, a eleição de Hélber Guimarães foi nula, no entendimento dos vereadores que apoiam Francisco Torres para presidente.

A guerra agora foi para a esfera jurídica.Portando, tudo volta para o começo do imbróglio. E assim segue a Câmara Municipal de Timon mergulhada numa briga política pelo poder onde não se tem data prevista para voltar a ser produtiva para a sociedade…

Fonte : Elias Lacerda

 


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto