Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Proposta proíbe contratação de cabos eleitorais

Proposta proíbe contratação de cabos eleitorais

Proposta proíbe contratação de cabos eleitorais
Proposta proíbe contratação de cabos eleitorais | arquivo internete

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 8040/10,

do ex-deputado Arnaldo Madeira, que proíbe

a contratação de cabos eleitorais. Segundo

o texto, cabo eleitoral é quem obtém, capta

ou influencia votos mediante remuneração

ou vantagem.

A proposta altera a Lei 9.504/97, que estabelece normas para as eleições. Segundo o autor do projeto, as eleições viraram um negócio, e o voto um produto a ser comercializado.

Para gerenciar esse negócio, afirma Madeira,

nasceu a figura do cabo eleitoral, que recebe

de acordo com o número de votos angariados.

?Por isso, ser cabo eleitoral no Brasil virou profissão sazonal?, critica.

Para Madeira, o fim da ?mercantilização do voto? assegurará a vivência de uma democracia plena. ?O sistema vigente repudia a compra do voto, mas permite a sua influência pelo cabo eleitoral?, aponta.

Madeira fez uma ressalva com relação aos cabos eleitorais não remunerados, que, segundo ele, ?influenciam não pelo poder da moeda, mas pelo poder da palavra? e devem continuar a existir.

Tramitação

O projeto tramita em com o PL 6775/06, que trata do mesmo tema. As propostas serão analisadas pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e pelo Plenário. (Agência Câmara)


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar