Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Vereador vice-presidente da Câmara Municipal de São Luis foi preso

O vereador e vice-presidente da câmara de São Luís Astro de Ogum (PR), e mais dois assessores foram presos na manhã desta quinta-feira, 12, em uma operação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Astro de Ogum foi preso em flagrante por um mandado de busca e apreensão em sua residência no Olho D’Água, onde a polícia também encontrou uma arma de fogo.

As prisões dos dois funcionários foram decretadas pela Justiça do Maranhão, estes dois assessores são suspeitos de envolvimento com os crimes de pedofilia e extorsão. No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados.

Segundo informações da polícia, os funcionários presos trocavam mensagens com pessoas pela internet e conseguiam fotos das vítimas, em seguida as usavam para ameaçá-las.

Informações dão conta de que durante a prisão o vereador Astro de Ogum passou mal e foi logo atendido. A operação está sendo comandada pelo delegado Odilardo Muniz do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos.

Em nota, a defesa do vereador afirma que Astro de Ogum não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários, e que será conduzido à Seic para prestar esclarecimentos sobre a arma encontrada em sua residência.

Confira a nota na íntegra:

Nota oficial

Acerca de matérias jornalísticas publicadas na imprensa maranhense, tratando da prisão do vereador Astro de Ogum por posse de arma, em respeito à sociedade ludovicense, a defesa do parlamentar, faz este comunicado com base nos esclarecimentos abaixo narrados, para que se restabeleça a verdade dos fatos, equivocadamente divulgados em blogs, portais e emissoras de rádio.

1 – Sob comando da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, por meio do Departamento de Crimes Tecnológico, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, a Polícia Civil deflagrou uma operação na residência do vereador Astro de Ogum, mas os alvos foram dois de seus assessores: um homem e uma mulher.

2 – No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados. No entanto, no imóvel foi encontrada uma arma de propriedade de um dos funcionários que faz a segurança do imóvel. Por conta disso, o politico foi conduzido à Seic para explicar a arma encontrada em sua residência, fato que já foi devidamente esclarecido.

3 – Por fim, para comprovar a veracidade dos fatos, anexamos cópias dos mandatos de busca e apreensão para comprovar que Astro não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários.

São Luís (MA), 12 de setembro de 2019.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto