Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Vereador vice-presidente da Câmara Municipal de São Luis foi preso

O vereador e vice-presidente da câmara de São Luís Astro de Ogum (PR), e mais dois assessores foram presos na manhã desta quinta-feira, 12, em uma operação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Astro de Ogum foi preso em flagrante por um mandado de busca e apreensão em sua residência no Olho D’Água, onde a polícia também encontrou uma arma de fogo.

As prisões dos dois funcionários foram decretadas pela Justiça do Maranhão, estes dois assessores são suspeitos de envolvimento com os crimes de pedofilia e extorsão. No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados.

Segundo informações da polícia, os funcionários presos trocavam mensagens com pessoas pela internet e conseguiam fotos das vítimas, em seguida as usavam para ameaçá-las.

Informações dão conta de que durante a prisão o vereador Astro de Ogum passou mal e foi logo atendido. A operação está sendo comandada pelo delegado Odilardo Muniz do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos.

Em nota, a defesa do vereador afirma que Astro de Ogum não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários, e que será conduzido à Seic para prestar esclarecimentos sobre a arma encontrada em sua residência.

Confira a nota na íntegra:

Nota oficial

Acerca de matérias jornalísticas publicadas na imprensa maranhense, tratando da prisão do vereador Astro de Ogum por posse de arma, em respeito à sociedade ludovicense, a defesa do parlamentar, faz este comunicado com base nos esclarecimentos abaixo narrados, para que se restabeleça a verdade dos fatos, equivocadamente divulgados em blogs, portais e emissoras de rádio.

1 – Sob comando da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, por meio do Departamento de Crimes Tecnológico, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, a Polícia Civil deflagrou uma operação na residência do vereador Astro de Ogum, mas os alvos foram dois de seus assessores: um homem e uma mulher.

2 – No local, a Polícia apreendeu aparelhos celulares e notebooks dos investigados. No entanto, no imóvel foi encontrada uma arma de propriedade de um dos funcionários que faz a segurança do imóvel. Por conta disso, o politico foi conduzido à Seic para explicar a arma encontrada em sua residência, fato que já foi devidamente esclarecido.

3 – Por fim, para comprovar a veracidade dos fatos, anexamos cópias dos mandatos de busca e apreensão para comprovar que Astro não tem envolvimento com o episódio cujo alvo foi seus funcionários.

São Luís (MA), 12 de setembro de 2019.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar