Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Dia decisivo

Por Denis Constantino 

Não se fala em outra coisa no país do futebol a não ser a partida entre Flamengo e Grêmio no Maracanã. Na política, os caras no Senado Federal aprovaram a reforma da previdência, e no STF, os ministros estão metendo a Operação Lava Jato pelo cano, com a possível proibição da prisão em segunda estância. Nossos representantes públicos sabiam que o jogo iria “abafar” uma atenção especial da população. Mas voltando para o jogo, a partida coloca frente a frente duas realidades que já até comentamos aqui: malandragem x estudo. 

Renato Gaúcho é o estilo que a boleiragem gosta. Sabe trazer o jogador pra perto e tirar o seu melhor. Foi assim com os atletas que estavam renegados no mercado. Porém, o seu grande talismã é o atacante Everton Cebolinha. Ele conta com o talento do jogador da seleção brasileira para desmontar a zaga do Flamengo na partida de hoje a noite. Outra característica interessante do Renato é o jogo de palavras nas entrevistas. Ontem não foi diferente. Disse que 90% do país vai torcer contra o Rubro Negro, e ele tem toda a razão. Os secadores estarão ligados. Buscou durante todo o tempo colocar o poderio financeiro do time carioca como fator determinante, caso ele saia derrotado do jogo. 

No entanto, essa malandragem tem limite. A chegada do Jorge Jesus ao Flamengo trouxe à tona a necessidade de estudo dos técnicos que atuam por aqui. Ouso dizer que se em dezembro, o técnico português decidir sair mesmo da equipe carioca como foi noticiado no jornal português “Record”, a diretoria provavelmente deve retornar ao mercado sulamericano para buscar um substituto de fora, com mentalidade europeia. Internacional acabou de fazer isso, utilizando o Zé Ricardo como tampão e que será o responsável para preparar o time para a chegada do argentino Eduardo Coudet em 2020.

Agora falando um pouco mais de Jorge Jesus. O cara tem números impressionantes no Flamengo. São 25 jogos com 17 vitórias, 6 empates e 2 duas derrotas, com aproveitamento de 76%. Apesar do pouco tempo em solo brasileiro, são três meses por aqui, o técnico escancarou a necessidade de estudo sobre tática. Sabe mexer no time. Entende o momento em que é preciso recuar para ganhar um homem na frente, como faz com Willian Arão. O seu estilo de jogo encantou toda a torcida rubro negra que faz questão de gritar o seu nome nas arquibancadas. E não é para menos. Mister deve tirar o Flamengo da fila de títulos grandes, isso porque, está muito bem encaminhado o brasileirão deste ano. O ponto negativo desse jogo para o técnico e o elenco deve ser o nervosismo pelo resultado. A ansiedade pode tirar a concentração deles. Por isso, ele deve pedir o reforço do Felipe Luís, Rafinha e Diego para dar uma tranquilizada nos demais jogadores. Bruno Henrique também pode ser problema. Ele gosta de tomar cartão em jogo grande.

A verdade é que o Brasil tá ansioso para ver o que vai acontecer no Maracanã hoje. Os gremistas invadiram o Rio de Janeiro e vão ocupar os 4 mil lugares destinados aos visitantes. Por outro lado, serão pouco mais de 56 mil torcedores de vermelho e preto, gritando, torcendo e jogando junto com os atletas do time da casa. Quem vai ganhar? Se for pelo retrospecto dos últimos meses, o Flamengo leva uma pequena vantagem. Foi melhor que o Grêmio no primeiro jogo e vem encantando no brasileirão. No entanto, o time gaúcho sabe jogar mata-mata. Não é a toa que está na sua terceira semifinal consecutiva na competição. É um time cascudo.

Vamos esperar pra ver o que vai acontecer no jogo. Faça suas apostas!


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se