Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Empate valioso

Por Marcos Monturil

“Ah, mas o Vasco tá comemorando um empate!” Tá sim! É verdade! E deve mesmo celebrar e fazer isso sem nenhum constrangimento. Primeiro pela circunstância do jogo. Qualquer time do planeta que esteja perdendo um clássico (contra o líder absoluto e virtual campeão) e conseguir empatar no último minuto, pode e deve festejar muito o feito!

E segundo porque há muito mais do que falar sobre esse jogo, do que simplesmente o placar. O Vasco orgulhou sua torcida porque jogou como time grande que é. Diferente de todos os outros que o Fla enfrentou, o Cruzmaltino jogou sem medo. Agrediu o rival (Não com botinadas, como fez o Botafogo), encarou o gigante, teve mais vontade de vencer, do que medo de perder.

Reprodução

O Flamengo esteve perto de ganhar o jogo, o que seria normal, diante de sua superioridade atual. Mas se o Fla sempre merece vencer, dessa vez o adversário não merecia perder. O gol do limitado Ribamar no final foi emblemático, foi o prêmio para o time que sabia que podia menos, mas teve convicção que queria mais!

Reprodução

O Flamengo segue sendo o melhor time. E o Vasco segue sendo o Vasco. Com seus problemas, que não apagam sua tradição. O Bruno Henrique está certo, o Fla está em um patamar diferente. Mas ontem, por 90 minutos, tudo ficou igual. Porque um gigante até cai, mas não encolhe...


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar