mais

Vagner Mancini foi pressionado e caiu no Corinthians

A derrota para o principal concorrente no futebol paulista não conseguiu sustentar o técnico no comando da equipe.

Por Daiton Meireles

Esse final de semana não foi tão emocionante para um lado da torcida em São Paulo, isso porque o Palmeiras venceu o Corinthians. Além das polêmicas e confusões dentro de campo, um fator chamou a atenção no extra campo, a queda de Vagner Mancini.

O técnico ficou a frente do time alvinegro durante 45 partidas desde a sua chegada em outubro do ano passado. Seus números e pressão da torcida foram o estopim para sua queda, com 20 vitórias, 13 empates e 11 derrotas o técnico chegou a um aproveitamento de apenas 54% em todo esse período. O técnico foi responsável por ajudar o clube a não ser rebaixado no campeonato Brasileiro em 2020.

A derrota para o Peñarol do Uruguai pela Copa Sulamericana acirrou os ânimos nos bastidores do clube do Parque São Jorge. Ainda na partida contra o time uruguaio, o técnico Wagner Mancini considerou a derrota “um ponto fora da curva” o que gerou revolta de alguns dirigentes do clube e levantou ainda mais a ira da torcida que amarga maus resultados nos últimos jogos.

Técnico ficou a frente do time alvinegro durante 45 partidas - Foto: Marcos RibolliTécnico ficou a frente do time alvinegro durante 45 partidas - Foto: Marcos Ribolli

O jogo contra o Palmeiras pelas semi finais do Paulistão seria um alento para esses ânimos, o que não aconteceu após uma derrota para o Palmeiras por 2 à 0 dentro da Neo Química Arena. A derrota para o principal concorrente no futebol paulista não conseguiu sustentar o técnico no comando da equipe. Tão logo terminou a partida, ainda no estádio, a diretoria informou da demissão do técnico e já começou a trabalhar em um nome para comandar o time, que ainda tem duas partidas pela Copa Sulamericana, mas que não possui mais chances de classificação.

Um nome com larga experiência e que seja bom de bastidores está sendo estudado pelo clube, daí surge o nome de nada mais nada menos que Renato Gaúcho que recentemente deixou o comando do Grêmio. O técnico é visto com bons olhos já que possui uma forma de trabalhar com esquema tático diferenciado e o que mais interessa ao Corinthians no momento, recuperar jogadores como Luan e Jô.

A reunião com a diretoria alvinegra está marcada para terça-feira, 18 para definir salários e planos para o futuro do clube que agora espera  sua estreia no Campeonato Brasileiro e a terceira fase da Copa do Brasil que pode resgatar o sonho de jogar a Libertadores da América de 2022.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail