Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Entenda por que Nossa Senhora dos Remédios é padroeira de Picos

Entenda por que Nossa Senhora dos Remédios é padroeira de Picos
Catedral de Nossa Senhora dos Remédios | Diocese de Picos

Encerra nesta quarta-feira, dia 14 de agosto, o novenário em honra à padroeira de Picos, Nossa Senhora dos Remédios. Na quinta-feira, dia 15, os picoenses param para celebrar a solenidade da padroeira num dia repletos de atividades na catedral, que é considerada a maior e um dos mais belos templos religiosos do estado.

A origem da devoção à virgem Maria com o título de Nossa Senhora dos Remédios, em Picos, remonta ao ano de 1847, no século XIX.

catedral de Nossa Senhora dos Remédios (Foto: Diocese de Picos)

De acordo com relatos da tradição oral e o depoimento de pessoas contemporâneas que viviam ainda o início deste século, a imagem foi encomendada pelo Coronel Victor de Barros Silva, em cumprimento à promessa feita pelo seu vaqueiro João das Dores, para que seu filho e o filho do patrão voltassem sãos e salvos da guerra (Balaiada), para a qual foram, sob o comando do Capitão José Francisco Fontes.

Pela imagem, que veio de Portugal para a Bahia, Victor de Barros pagou a importância de $ 40.00,00 (Quarenta mil reis), o equivalente ao valor da venda de dez vacas paridas.

imagem de Nossa Senhora dos Remédios. (Foto: Diocese de Picos)

Na tarde do dia 31 de dezembro de 1847, chegou a Picos a Imagem de Nossa Senhora dos Remédios, conduzida de Salvador, Bahia, até Picos por um escravo, a pé, que, como prêmio, teria recebido a carta de alforria ganhando a sua liberdade. Não há informações sobre o nome do escravo que conduziu, pelos ínvios caminhos do sertão, ao tempo das primeiras águas, a imagem da Padroeira de Picos. Sabe-se, no entanto, que o mesmo pertencia a Victor de Barros.

simulação da chegada da imagem em Picos trazida pelo escravo (Foto: Edson Costa/Folha Atual)

Relatos também dão conta de que, por onde passava, a imagem era recebida festivamente. Na freguesia de Jaicós, fez-se uma procissão e a Imagem de Nossa Senhora das Mercês acompanhou, em andor, a Imagem de Nossa Senhora dos Remédios até a serra. Ao aproximar-se de Picos, na fazenda Samambaia, formou-se um cortejo, acompanhado de fogos, rezas e cânticos. A Imagem de Nossa Senhora dos Remédios entrou no povoado de Picos pela Passagem das Pedras.

No dia 1.º de Janeiro de 1848, a imagem de Nossa Senhora dos Remédios foi benta pelo primeiro sacerdote picoense, Pe. Francisco de Paulo Moura e até hoje é motivo de grande devoção dos picoenses que participam ativamente das festividades inciadas sempre no dia 5 de agosto até o dia 15 do mesmo mês.

Com fotos e informações retiradas do site da Diocese de Picos.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar