Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Entenda por que Nossa Senhora dos Remédios é padroeira de Picos

Entenda por que Nossa Senhora dos Remédios é padroeira de Picos
Catedral de Nossa Senhora dos Remédios | Diocese de Picos

Encerra nesta quarta-feira, dia 14 de agosto, o novenário em honra à padroeira de Picos, Nossa Senhora dos Remédios. Na quinta-feira, dia 15, os picoenses param para celebrar a solenidade da padroeira num dia repletos de atividades na catedral, que é considerada a maior e um dos mais belos templos religiosos do estado.

A origem da devoção à virgem Maria com o título de Nossa Senhora dos Remédios, em Picos, remonta ao ano de 1847, no século XIX.

catedral de Nossa Senhora dos Remédios (Foto: Diocese de Picos)

De acordo com relatos da tradição oral e o depoimento de pessoas contemporâneas que viviam ainda o início deste século, a imagem foi encomendada pelo Coronel Victor de Barros Silva, em cumprimento à promessa feita pelo seu vaqueiro João das Dores, para que seu filho e o filho do patrão voltassem sãos e salvos da guerra (Balaiada), para a qual foram, sob o comando do Capitão José Francisco Fontes.

Pela imagem, que veio de Portugal para a Bahia, Victor de Barros pagou a importância de $ 40.00,00 (Quarenta mil reis), o equivalente ao valor da venda de dez vacas paridas.

imagem de Nossa Senhora dos Remédios. (Foto: Diocese de Picos)

Na tarde do dia 31 de dezembro de 1847, chegou a Picos a Imagem de Nossa Senhora dos Remédios, conduzida de Salvador, Bahia, até Picos por um escravo, a pé, que, como prêmio, teria recebido a carta de alforria ganhando a sua liberdade. Não há informações sobre o nome do escravo que conduziu, pelos ínvios caminhos do sertão, ao tempo das primeiras águas, a imagem da Padroeira de Picos. Sabe-se, no entanto, que o mesmo pertencia a Victor de Barros.

simulação da chegada da imagem em Picos trazida pelo escravo (Foto: Edson Costa/Folha Atual)

Relatos também dão conta de que, por onde passava, a imagem era recebida festivamente. Na freguesia de Jaicós, fez-se uma procissão e a Imagem de Nossa Senhora das Mercês acompanhou, em andor, a Imagem de Nossa Senhora dos Remédios até a serra. Ao aproximar-se de Picos, na fazenda Samambaia, formou-se um cortejo, acompanhado de fogos, rezas e cânticos. A Imagem de Nossa Senhora dos Remédios entrou no povoado de Picos pela Passagem das Pedras.

No dia 1.º de Janeiro de 1848, a imagem de Nossa Senhora dos Remédios foi benta pelo primeiro sacerdote picoense, Pe. Francisco de Paulo Moura e até hoje é motivo de grande devoção dos picoenses que participam ativamente das festividades inciadas sempre no dia 5 de agosto até o dia 15 do mesmo mês.

Com fotos e informações retiradas do site da Diocese de Picos.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto