Estão abertas até esta sexta-feira, 4, as inscrições para as cidades brasileiras ineressadas em integrar o restrito grupo da Rede de Cidades Criativas da Unesco. A pré-seleção será aprovada pela Comissão Nacional - da qual o Ministério do Turismo faz parte – que é responsável pelo envio dos candidatos à sede do organismo internacional em Paris após endosso do Itamaraty. 

Os municípios poderão pleitear o título nas categorias arte e artesanato; design; cinema; gastronomia; literatura; artes - comunicação e mídia; e música.

Unesco estabeleceu limitação de duas candidaturas por paísUnesco estabeleceu limitação de duas candidaturas por país

Os gestores deverão preencher o formulário de candidatura, indicar uma pessoa de contato e um grupo gerenciador composto por três ou quatro representantes dos setores público, privado e civil da sociedade, que poderão desenvolver as iniciativas das Cidades Criativas em seu município, com um esboço de plano de ação por quatro anos. Essas propostas deverão ser encaminhadas ao e-mail [email protected] até o dia 04 de junho de 2021. Todas as candidaturas endossadas pelo governo brasileiro devem estar acompanhadas de carta oficial do prefeito da cidade.

A Unesco estabeleceu limitação de apenas duas candidaturas por país, concorrentes em duas especialidades distintas. 

O organismo internacional aplica critérios de equilíbrio regional e temático na seleção das cidades, de modo a privilegiar áreas geográficas e especialidades criativas com menor representação na rede. No próximo ciclo de candidaturas, as áreas geográficas consideradas prioritárias são a África e os países árabes, enquanto as especialidades criativas menos representadas são o cinema e as artes - comunicação e mídia.