Por Rany Veloso

Em entrevista ao blog, o senador Elmano Férrer (PP), que é pré-candidato a deputado federal,  disse que está no páreo para a disputa, ele acredita que em outubro será um dos dez deputados federais eleitos pelo Piauí. Elmano ressaltou o trabalho que já desenvolveu na Sudene e Embrapa, o que vem fazendo com as obras estruturantes no estado e criticou duramente a compra de votos. 

"A população vai reconhecer o nosso trabalho. Dos 10 eu serei um deles. Eu quero entrar. Há quem diga que eu serei um dos mais bem votados. Quero entrar, pode ser na última colocação. Eu confio muito nas pessoas, na consciência das pessoas, a consideração, o reconhecimento do nosso trabalho", considera.

O senador chama atenção do eleitor, que na visão dele, pode até receber dinheiro de quem compra voto, mas não votar em quem vendeu. Elmano chega a falar que o dinheiro está rolando solto, mas que o voto não tem preço.

"Tô no páreo, eu vou ser um dos mais votados do estado do Piauí, tenho convicção de que o povo vai entender a importância do voto e sobretudo nessas eleições em que o dinheiro está aí na vista de todos, mas o eleitor deve receber, mas não deve votar, deve votar de acordo com sua consciência, independência. Sabendo que o voto não tem preço, o voto tem consequência, voto não se compra, voto se conquista", finaliza.

ASSISTA: