Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

A crise é moral, artigo de Valmor Bolan

A crise é moral, artigo de Valmor Bolan

A CRISE É MORAL

Prof. Dr. Valmor Bolan

(Doutor em Sociologia. Conselheiro da OUI-IOHE

(Organização Universitária Interamericana) no Brasil. Membro da Comissão

Ministerial do Prouni (CONAP). Consultor da Presidência da Anhanguera

Educacional)

A crise vivida pela Europa e também os Estados Unidos, não é social, mas

profundamente moral. Há uma crise de princípios e valores. E os fatos comprovam

a necessidade que temos de rever o nosso estilo de vida, extremamente materialista,

para retornar a pautar nossas atitudes nos valores humanos. Só assim evitaremos o

agravamento da crise social, que é econômica, política e cultural, abrangendo vários

aspectos, em dimensões que aumentam de proporção a cada dia.

Percebemos o mal-estar e a sensação de não saber exatamente o que está acontecendo,

pois a Europa vai perdendo a sua aura e prestígio, tornando-se novamente uma terra

vulnerável aos novos bárbaros. O fato é que o Estado do bem-estar social não deu certo.

Há conforto material, até fartura, mas principalmente os jovens estão em busca de um

sentido de vida, que os apelos hedonistas e consumistas são incapazes de saciar. Há

uma fome e uma sede de transcendência, um forte desejo de Deus, apesar de tantos

que insistem oferecer modelos de vida (programas educacionais e políticos) sem

Deus. Este é certamente um dos problemas mais graves da atualidade: não reconhecer

Deus como a realidade efetiva capaz de dar respostas a todas as crises e apresentar a

solução para as questões mais complexas. Enquanto os europe us negarem a realidade

de Deus continuarão tornando a sua crise de identidade mais aguda, com todos os

transtornos culturais e sociais existentes, e criando um ambiente de neurose social, com

as conseqüências já conhecidas, de fuga nas drogas e novas formas de violência.

A Europa precisa reencontrar sua matriz cristã, talvez seja este seu maior desafio hoje.

Por isso o papa escolheu o nome de Bento, que é o padroeiro da Europa, o santo da

ordem. As nações européias perderam o rumo. Depois da Grécia e Portugal, agora a

instabilidade ameaça a Espanha e a Itália; países estes que tiveram seus momentos de

esplendor quando aceitaram Jesus Cristo como referencial, elevando assim a cultura

européia a níveis muito superiores. Nesse sentido, o cristianismo continua sendo o

caminho não apenas para os europeus, mas para todo o mundo, caminho seguro da

salvação e felicidade dos povos.

Esperamos, portanto, que a crise social seja superada por um revigoramento moral;

pois a crise é mesmo moral, e somente com a ética cristã é que será possível a solução

dos problemas sociais mais graves, para um futuro realmente melhor para toda a

humanidade.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar