Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Audiência no Tribunal de Contas do Estado vai discutir qualidade da água e os serviços de tapa-buracos da Agespisa

Audiência no Tribunal de Contas do Estado vai discutir qualidade da água e os serviços de tapa-buracos da Agespisa

Audiência no Tribunal de Contas do Estado vai discutir qualidade da água e os serviços de tapa-buracos da Agespisa

Vai ser realizada nesta segunda-feira a audiência pública que o TCE (Tribunal de Contas do Estado) irá realizar sobre a qualidade dos serviços prestados pela Agespisa no fornecimento de água e tapa- buracos.

A audiência será realizada às 8hh30,no auditório do TCE, com a participação dos diretores da Agespisa, Prefeitura de Teresina, empresas que prestam serviço para a companhia de água e associações de moradores.

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado decidiram realizar a audiência por causa das reclamações dos habitantes de Teresina por causa do desperdício de água nas ruas, buracos deixados durante as obras de expansão da rede de abastecimento de água e de esgoto e a situação das ruas por onde os operários passam.

O pedreiro Paulo de Oliveira Silva, que mora na Quadra 19, do conjunto Nova Theresina, mostra na frente de sua casa um galho de árvore que os moradores plantaram dentro de um buraco.

Ele afirmou que há mais de um mês a Agespisa abriu o buraco para instalar canos para o abastecimento de água e deixou lá. ?Tivemos que jogar areia e barro porque um motociclista caiu e quase morre?, afirma Paulo de Oliveira Silva.

O comerciante Valdemiro Pereira da Silva não se conforma com o vazamento de água provocado pela quebra de um cano da Agespisa. A água escorre todo o tempo molhando o calçamento e termina empoçada na Quadra 10 do conjunto Nova Theresina gerando muita lama e tornando mais fértil o matagal que se espalha pelas quadras do bairro.

O mato fica no meio das ruas perto das casas. Os motociclistas e pedestes reclamam dos buracos, da água espalhada que deixa o causamento liso e provoca acidentes.

?Nós estamos morando há 12 anos e a situação continua a mesma. Ruas cheias de mato e água?, fala Antônio Ivaldo. Paulo Oliveira lembra que a Agespisa faz propaganda na TV contra o desperdício de água e termina sendo a primeira a deixar há meses um vazamento espalhando água pelas ruas.

Quando chove a água acumulada ajuda nas enchentes. Como o calçamento é alto, as águas das chuvas entram dentro das casas causando prejuízos, atingindo móveis.

?Os serviços públicos não vem consertar e resolver os problemas que eles criaram?, afirma o marceneiro Lucídio da Silva Menezes.

Macaúba mantém os buracos abertos para implantação do serviço de esgotos

O delegado da Polícia Civil José Rodrigues diz que no bairro Macaúba, na zona Sul de Teresina, a Agespisa abriu os buracos para a instalação do sistema de esgotos e as empresas que fizeram o serviço deixaram os buracos e interditam ruas por semanas.

?Quando a gente vai falar sobre a bagunça que eles promovem, eles respondem com ignorância?, falou o delegado José Rodrigues.

Uma das ruas mais atingidas pelos buracos é a Quintino Bocaúva.

No bairro Monte Castelo, também na zona Sul, as empresas fazem a implantação do sistema de esgotos e deixam cavaletes e cones interditando as ruas mesmo depois do trabalho.

José Rodrigues se irrita é que nem a Prefeitura de Teresina e a Agespisa agilizam a reparação dos buracos e a liberação das ruas.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar