Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Aulas de escolas municipais retornam em junho de forma remota

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), assinará, nesta semana, decreto, determinando a prorrogação da suspensão das aulas presenciais nas escolas públicas municipais até o dia 30 de junho.

As aulas presenciais nas escolas públicas municipais foram suspensas no dia 19 de março até o dia 31 de maio. Em seu novo decreto, Firmino Filho, porém, determina o retorno das aulas da rede pública municipal de forma remota.

O secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma, informou, no domingo (24), que as aulas remotas para os 65 mil alunos da rede pública municipal de ensino do ensino fundamental começaram no início de junho, com material didático disponibilizado pela Secretaria de Educação do Governo de São Paulo e pela plataforma Sincroniza, da Fundação Lemam.

Kleber Montezuma disse que a rede pública municipal possui 90 mil alunos, sendo 65 mil alunos do ensino fundamental e 25 mil do ensino infantil que neste primeiro momento não serão incluídos nas aulas remotas.

O secretário Kleber Montezuma declarou que os alunos do ensino fundamental das escolas públicas terão as aulas remotas pela plataforma Moodle, que é aberta, gratuita e interativa; por um canal do YouTube; pelo site da Secretaria Municipal de Educação e por uma TV aberta de Teresina, que está sendo contratada já que cerca de 10 mil alunos não têm acesso à internet, em especial, na zona rural da capital piauiense.

"As aulas remotas vão contar como horas da carga horária  obrigatória. A Legislação exige que devem ser ministradas 800 horas- aulas e 200 dias letivos. Com a pandemia do coronavírus, o Conselho Nacional de Educação manteve a obrigatoriedade das 800 horas-aulas, mas não os 200 dias letivos", afirmou Kleber Montezuma.

Em seu novo decreto, Firmino Filho determinará que os professores da rede pública municipal de ensino de Teresina passem a trabalhar a partir de junho em home office para atender os alunos com aulas remotas.

O secretário Kleber Montezuma disse acreditar que as aulas presenciais da rede pública municipal de ensino só deverão ser retomadas em agosto.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar