Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Caminhada pela Acessibilidade reúne grande público em Teresina

A XIII Caminhada pela Acessibilidade foi realizada no sábado (15), em Teresina, reunindo pessoas de todas as idades, com ou sem deficiência, representando um momento de união e inclusão. Este ano, o evento trouxe o tema “Nada sobre nós sem nós” e contou com a participação de diversas entidades e autoridades de luta e defesa dos direitos da pessoa com deficiência.

A vice-governadora do Piauí, Regina Sousa, afirma que sempre participa do evento. “Venho em quase todas as edições, porque essa é uma causa de todos nós. Todo mundo tem alguém na família com algum tipo de deficiência e todo mundo está sujeito a se tornar uma pessoa com deficiência. Então, viemos dar essa força, chamar a atenção para a necessidade de mais respeito com essas pessoas que são, de fato, eficientes. Basta que tenham as oportunidades que elas precisam”, destaca Regina Sousa.

De acordo com o secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, a Caminhada pela Acessibilidade é um evento já consolidado no estado, por conta da grande participação da população e das entidades envolvidas. “A quantidade de pessoas aumentou muito com relação aos anos anteriores, isso se deve a credibilidade que vem conquistando a cada edição. O evento coroou a semana da pessoa com deficiência e acredito que no próximo ano ela vai ser ainda maior, com o apoio de todos”, conta o gestor.

Amparo Sousa é presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Teresina (Adeft) e uma das idealizadoras da Caminhada. Ela fala sobre a importância do evento: “Desde que ela foi criada, há 13 anos, o seu objetivo é chamar a atenção da sociedade, dos gestores e dos parlamentares, para que respeitem os nossos direitos, para que a gente tenha a garantia da efetivação desses direitos, que na maioria das vezes nós não temos. Então, mostrar que nós existimos, que estamos aqui e devemos ser respeitados”, declarou.

Para Helena Lima, presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conede-PI), a Caminhada é importante não só para as pessoas com deficiência, mas para toda a sociedade. “É com a acessibilidade que os direitos das pessoas com deficiência são garantidos, porque sem isso elas não têm autonomia. Então, nós queremos chamar a atenção para que as pessoas com deficiência tenham uma vida melhor, a partir de uma Teresina acessível e de um Piauí acessível”, afirma.

Antonio Carlos Lopes é cadeirante e frequenta a Caminhada há vários anos. “Hoje eu estou achando muito mais movimentada do que nos outros anos. Gosto muito do evento e gostaria que houvesse mais união e comunicação entre todos nós e mais acessibilidade, que é uma coisa que não vemos muito como deveria ser”, disse.

A Caminhada pela Acessibilidade é organizada pela Adeft, pelo Conede-PI e pela Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficência (Seid). O evento encerra a programação semanal preparada em homenagem ao Dia Estadual da Pessoa com Deficiência, comemorado em 9 de junho.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto