Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Cidades da Grande Teresina não precisarão pagar tarifa de DDD a partir de sábado

Cidades da Grande Teresina não precisarão pagar tarifa de DDD a partir de sábado

A partir de sábado (28), 560 municípios ganharão o mesmo código de DDD (Discagem Direta à Distância) da região metropolitana mais próxima deles. Ao todo, usuários de telefonia fixa de 39 regiões metropolitanas do Brasil serão beneficiados. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (23) pela Anatel (Agência Nacional das Telecomunicações).

Entre os municípios estão 13 da Região da Grande Teresina,

A Região Integrada de Desenvolvimento da Grande Teresina foi instituída pelo Decreto Federal nº 4.367, de 9 de setembro de 2002. Abrange os municípios piauienses de Altos, Beneditinos, Coivaras, Curralinhos, Demerval Lobão, José de Freitas, Lagoa Alegre, Lagoa do Piauí, Miguel Leão, Monsenhor Gil, Teresina e União, além do município maranhense de Timon, que se encontra na margem esquerda do rio Parnaíba, defronte à capital piauiense. Esses municípios ocupam uma área de 10.527 km², na qual vive 1.135.920 habitantes, segundo o Censo do IBGE, representando 37% da população do estado do Piauí.

A atuação da Rede Grande Teresina abrange as principais áreas de desenvolvimento das cidades, incluindo infra-estrutura, geração de emprego e capacitação profissional, saneamento básico (abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto e serviço de limpeza pública), uso e ocupação do solo. Com a instalação da rede, todas as ações executadas nos municípios passam a ser coordenadas pelo Conselho da Rede de Desenvolvimento, formado por prefeitos da região, escolhidos pela Codevasf, por representantes dos governos estaduais, que serão responsáveis pela escolha dos mesmos e por membros do Ministério da Integração Nacional e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba

Com a medida, segundo a agência, até 68 milhões de pessoas se beneficiarão e poderão fazer ligações entre cidades próximas sem pagar taxas de DDD. A ligação terá o mesmo custo de uma chamada local comum. Segundo a Anatel, não haverá mudança no preço de ligações locais, em função do aumento de cidades que se ?enquadram? em um mesmo DDD.

Na região metropolitana de São Paulo, a integração da capital com as cidades limítrofes já ocorre há um tempo. Tanto é que moradores de Osasco, por exemplo, podem ligar para alguém que more na cidade de Diadema sem custos adicionais, pagando apenas o preço de uma ligação local.

As 39 regiões metropolitanas contempladas foram: Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Londrina (PR), Maringá (PR), Baixada Santista (SP), Campinas (SP), Belo Horizonte (MG), Vale do Aço (MG), Rio de Janeiro (RJ), Grande Vitória (ES), Goiânia (GO), Vale do Rio Cuiabá (MT), Salvador (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Agreste (AL), Campina Grande (PB), João Pessoa (PB), Recife (PE), Natal (RN), Cariri (CE), Fortaleza (CE), Sudoeste Maranhense (MA), Belém (PA), Macapá (AP), Manaus (AM), Capital (RR), Central (RR), Sul do Estado (RR), Florianópolis (SC), Chapecó (SC), Vale do Itajaí (SC), Norte/Nordeste Catarinense (SC), Lages (SC), Carbonífera (SC), Tubarão (SC), Distrito Federal e Entorno (DF/GO/MG), Pólo Petrolina e Juazeiro (PE/BA) e Grande Teresina (PI/MA).


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar