Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Duas pessoas morrem e 3 ficam feridas em festa de forró em Timon

Na noite de domingo (18), por volta de 23h40, um intenso tiroteio foi registrado em uma casa de shows chamada ‘Caldeirão do Forró’, no bairro Formosa, na cidade de Timon. Na ação, duas pessoas morreram e três ficaram feridas.

De acordo com testemunhas, a primeira pessoa baleada estava saindo do banheiro quando foi abordada por dois criminosos em um suposto acerto de contas. Após o início dos tiros, a multidão presente no local correu em desespero, o que fez com que muitos fossem pisoteados. O segundo jovem morto foi atingido com quatro disparos de arma de fogo ainda no interior do local, mas caiu e veio a óbito na parte externa.

Festa em Timon (Foto: em reprodução)

Uma mulher foi baleada na perna e foi encaminhada para a UPA de Timon. Segundo o aspirante Chaves, da Polícia Militar da cidade, o início da confusão se deu após dois desafetos se encontrarem.

“Lá é uma casa de shows, estava acontecendo um evento particular e dois desafetos se encontraram. A Polícia Civil está trabalhando na investigação se seriam dois ou três atiradores, mas o que a gente sabe é que um dos que veio a óbito estava armado e os comparsas teriam recuperado sua arma de fogo no momento que ele caiu. Quando a Polícia Militar chegou no local acionamos o SAMU, os dois indivíduos ainda estavam vivos, foi tentado a reanimação mas eles vieram a óbito no local”, afirmou o PM acrescentando que três ambulâncias se deslocaram até a casa de shows já equipadas com paramédicos.

 “Não tinha autorização para esse evento funcionar, a casa de show em si existe um alvará que autoriza o seu funcionamento até meia noite, esse acontecido foi 23h40, bem próximo do horário de fechamento, cabe agora fazer investigação”, declarou.

Segundo o comandante do 11º batalhão, coronel Araújo, a polícia vai solicitar a cassação do alvará de funcionamento do local. “Nós não vamos ficar parados, vamos aumentar as operações, a policia trabalhou muito, mas veio essa situação em que nós vamos solicitar a cassação dessa autorização desse estabelecimento, é um local que tem dado muitas ocorrências, o gestor desse local não esta dando conta, então não pode funcionar. Vamos aumentar as operações, barreiras, para que possamos desarmar os bandidos”, completou.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar